ASSINE

Rodrigo CX regrava hit da banda Salvação com produtor francês

CX se uniu ao músico Léo Norbim e a um produtor musical da França para relançar “Cara Metade”, sucesso original de 1996 da banda Salvação, para celebrar o Dia dos Namorados deste ano

Vitória
Publicado em 09/06/2021 às 15h35
Os músicos Léo Norbim e Rodrigo CX
Os músicos Léo Norbim e Rodrigo CX. Crédito: Lucas Aboudib

Quando originalmente lançou “Cara Metade” pela banda Salvação, em 1996, Rodrigo CX teve uma inspiração especial. Estava apaixonado por uma moça recém-separada, que mais tarde chegou até a se tornar sua namorada. “É uma homenagem para essa menina. Ela terminou o relacionamento e eu ficava naquela cantando ‘sei que cheguei de intruso’, ‘não vá embora’... E ela ficava sem saber o que fazer. Nós ficamos juntos por um tempo, mas foi aquele cometa, aquela coisa rápida. Mas foi ótimo. Somos amigos e ela vai morrer de rir quando ler isso (risos)”, brinca.

Agora, em 2021, se uniu a um produtor musical francês e ao também músico Léo Norbim para relançar o hit, que chega ao streaming neste sábado (12) com o nome “Cara Metade (Tudo Mudou)”. “Na época, foi um sucesso. Você entra no YouTube, hoje, e encontra um monte de vídeo usando ‘Cara Metade’ no fundo. Declarações de amor, festas de casamento, namoro... E é muito bom. Espero que ela provoque esses mesmos sentimentos bons agora, uns anos depois”, fala.

Hoje, a recriação do sucesso romântico também tem outro significado para o próprio capixaba: “Nós colocamos alguns elementos mais modernos, mudamos um pouco. O Léo colocou um rap no final, que é uma surpresa para o público, e chamei o produtor francês para fazer a parte eletrônica de efeitos e filtros. Começamos esse trabalho no fim de 2018, mas estava esperando a hora certa para lançá-la para o público”.

Sobre a letra, que narra a história de amor entre um casal (que é correspondida pelos dois lados), Rodrigo reflete que nada mudou. Segundo ele, já era uma história desse tipo e continua sendo. “É simples, objetiva, da forma como tem que ser. E é uma música para quem está casado, namorando, solteiro... É uma música para quem acredita no amor”, reitera.

Rodrigo CX

Músico

"A expectativa é trazer amor de volta, que está escondido no coração de muita gente"

“Nesse momento de reclusão, de pessoas mais em casa, temerosas, eu tento ser um ponto de luz no meio da escuridão. Tento levar um pouco de alegria, sentimento bom, do amor, propriamente dito... Para que as pessoas tenham fé e esperança. Sem isso, a gente fica refém do que tem acontecido”, corrobora.

Cultura Espírito Santo Música espírito santo Dia dos Namorados

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.