ASSINE

Palácio Sônia Cabral recebe peças do ES com sessões gratuitas em setembro

As apresentações acontecem de 1° a 5 do próximo mês. Entre os espetáculos selecionados, textos premiados, como "Buffalo's Show" e "A Lenda do Reino Perdido", ambas do Grupo Folgazões

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 25/08/2021 às 13h40
Duílio Kuster Cid e Leonardo Magalhães (Foca) - Buffalo's Show (2019)
Duílio Kuster Cid e Leonardo Magalhães (Foca), em ação na montagem "Buffalo's Show" (2019). Crédito: Companhia Folgazões

Após receber apresentações da Orquestra Sinfônica do Espírito Santo, o Palácio da Cultura Sônia Cabral (Centro, Vitória) será palco do projeto "Cultura na Estrada", com apresentações presencias de quatro peças capixabas, a partir de 1º de setembro. Até o dia 5 do próximo mês, o público poderá conferir três montagens do Grupo Folgazões ("O Pastelão e a Torta", "A Lenda do Reino Perdido" e "Buffalo's Show") e uma da BD Produções ("A Geladeira Mágica").

Os espetáculos serão gratuitos e vão respeitar as medidas sanitárias relacionadas a Covid-19, especialmente no que tange ao distanciamento entre as cadeiras, o uso de álcool em gel e de máscaras, que serão obrigatórias durante toda a apresentação.

Os bilhetes serão limitados a 50 (50% da capacidade do teatro) e poderão ser retirados uma hora antes de cada espetáculo, no próprio local. 

Como o nome sugere, o "Cultura na Estrada" - criado pela paulista Chaim Produções - também irá "cair na estrada" e fará apresentações em diversas regiões do Brasil. Ainda nesse ano, além de Vitória, a iniciativa vai circular por Salvador/BA, Brasília/DF, Goiânia/GO, Manaus/AM, Fortaleza/CE, Curitiba/PR, Belo Horizonte/MG, Recife/PE, Petrópolis/RJ, Porto Alegre/RS e Campinas/SP. As sessões são destinadas a ONGs e ao público em geral.

A peça infantil
A peça infantil "A Geladeira Mágica" será encenada dentro do projeto "Cultura na Estrada". Crédito: BD Produções

Diretora de Produção do evento em terras capixabas, Bruna Dornellas ficou responsável pela seleção dos espetáculos no Estado. "A Chaim nos contratou para fazer a curadoria e prezamos pela diversidade e pluralidade, escolhendo peças capazes de atingir todos os públicos. Tem drama, comédia e também atração voltada para as crianças", destaca. 

"As montagens serão feitas apenas no Espírito Santo, pois uma das metas do 'Cultura na Estrada' é valorizar os artistas de cada região. Portanto, em cada cidade terá espetáculos de grupos locais".

Também à frente de uma das maiores produtoras de teatro do ES, a WB Produções, Bruna comemora o reinício das apresentações presenciais, após praticamente dois anos de atividades paralisadas por conta da pandemia da Covid-19.

"É muito importante essa retomada de forma gradual. Estamos parados há um bom tempo e abrir esse espaço aos nossos grupos locais é de muita relevância, visto que os pequenos grupos foram muito impactados com a crise sanitária. Essa aproximação do palco com o público é essencial para o nosso fazer teatral. É o que mantém a nossa arte acesa", complementa. 

PROJETO "CULTURA NA ESTRADA"

  • Local: Palácio de Cultura Sônia Cabral. Praça João Clímaco, Centro, Vitória
  • Ingressos: Grátis. Os bilhetes devem ser retirados uma hora antes de cada apresentação, na bilheteria do teatro  
  • Capacidade: 50 lugares (50% da capacidade total do teatro, com distanciamento social)

PROGRAMAÇÃO

  • QUARTA-FEIRA – 01/09/2021
  • 19H30 – “O Pastelão e a Torta”

  • QUINTA-FEIRA – 02/09/2021
  • 19H30 – “A Lenda do Reino Partido”

  • SEXTA-FEIRA – 03/09/2021
  • 19H30 – "Buffalo's Show"

  • DOMINGO – 05/09/2021
  • 16H – "A Geladeira Mágica"

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.