ASSINE

Morre o diretor de TV Del Rangel, aos 64 anos

Antônio Rangel dirigia a programação da TV Cultura e já havia atuado em diversas emissoras, entre novelas e filmes

Publicado em 17/07/2020 às 11h28
Atualizado em 17/07/2020 às 11h28
O diretor de TV Del Rangel
O diretor de TV Del Rangel. Crédito: Reprodução

O diretor e produtor de TV Del Rangel, como era conhecido Antônio Rangel, morreu na noite desta quinta-feira (16), em São Paulo, aos 64 anos, após sofrer um infarto.

A informação foi confirmada pela Fundação Padre Anchieta, mantenedora da TV Cultura, onde Rangel trabalhava como diretor de programação. Ele passou mal a caminho de casa, após sair da Cultura, na região da Barra Funda.

O diretor trabalhou em diversas emissoras de televisão, como Globo, Bandeirantes, SBT e Record. Na Globo, dirigiu, em 2001, a minissérie "Os Maias", baseada na obra de Eça de Queiroz, e a novela "Cambalacho", junto de Jorge Fernando, em 1986.

No cinema, Rangel dirigiu, roteirizou e produziu filmes dos Trapalhões, como "Uma Escola Atrapalhada", de 1990, com Supla e Angélica.

O diretor foi casado com a atriz Regina Duarte entre 1983 e 1995. E a dirigiu nos seriados "Retrato de Mulher", da Globo, em 1983, e "Joana", da Manchete, em 1984.

Já no SBT, participou em novelas como "Éramos Seis" (1994) e "As pupilas do senhor Reitor" (1994). Na Bandeirantes, dirigiu a adaptação de 1999 de "Meu Pé de Laranja Lima".

O velório e a cremação acontecem no Crematório Memorial Parque Paulista, em Embu das Artes, a partir das 12h30. Del Rangel deixa dois filhos.

cultura televisão

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.