ASSINE

Comprou ingressos para eventos antes da pandemia? Entenda como será a negociação

O Governo Federal publicou uma medida provisória que dispensa empresas de turismo e cultura de fazerem o reembolso imediato de serviços cancelados por causa da pandemia, autorizando outras opções de negociação com os clientes. Entenda.

Publicado em 19/04/2020 às 15h00
Atualizado em 27/04/2020 às 17h53
Ingressos, entradas, tickets
Ingressos, entradas, tickets. Crédito: Divulgação

A principal medida contra a disseminação do novo coronavírus é evitar aglomerações. Com isso, eventos como peças teatrais e shows foram adiados no Espírito Santo e em todo Brasil, impactando diretamente na Cultura.  Paralelamente, no início de abril de 2020, o Governo Federal publicou uma medida provisória que dispensa empresas de turismo e cultura de fazerem o reembolso imediato de serviços cancelados por causa da pandemia, autorizando outras opções de negociação com os clientes. A Gazeta conversou com os principais produtores culturais do Estado. Entenda como irá funcionar o acordo.

Com a medida do Governo Federal, empresas que cancelaram ou suspenderam eventos culturais por causa da pandemia da Covid-19 não serão obrigadas a fazer a devolução integral dos valores pagos pelos consumidores. O termo define as regras sobre eventos cancelados ou adiados e que estavam agendados entre os dias 11 de março e 30 de setembro. Desde então, está permitido o desconto de até 20% dos ingressos na hora da devolução.

O documento também diz que consumidores que compraram ingressos para eventos suspensos ou cancelados por causa da pandemia do coronavírus poderão usar os tickets em datas remarcadas ou terão direito a reembolso. Neste último caso, a restituição de valores poderá sofrer descontos.

TEATRO UNIVERSITÁRIO DA UFES 

De acordo Bruna Dornellas, produtora executiva da WB Produções, os eventos no Teatro Universitário, em Vitória, que já tiveram ingressos vendidos terão datas remanejadas com previsão inicial para o segundo semestre de 2020 - porém, ainda sem datas estabelecidas. Para a produtora, o ideal agora é buscar alternativas que vão além do reembolso do dinheiro.

"Atualmente o teatro está fechado e há a dificuldade em remanejar datas porque os artistas possuem outras demandas. Mas nosso objetivo é remarcar e divulgar novas datas, colocando o reembolso como última opção. A área da cultura é uma das mais atingidas com a pandemia vai demorar voltar ao normal porque esses eventos causam aglomerações. Graças a Deus, o público tem entendido e, por enquanto, ninguém pediu o dinheiro de volta. Além de remarcar, nossa segunda opção é dar um crédito para outros espetáculos futuros no teatro.  Por último, o estorno. Para isso, teremos que conversar com o sistema de vendas e negociar a forma de devolução", explicou. 

  • Produções que tiveram ingressos vendidos e foram adiados:
  • Loloucas, com Heloísa Périssé, que estava previsto para março de 2020.
  • O meu quintal é maior do que o mundo, com Cássia Kis, também previsto para março.
  • Rose, a Doméstica, com Lindsay Paulino, que estava previsto para abril de 2020.
  • Eu de Você, com Denise Fraga, que estava previsto para maio de 2020.

PAVILHÃO DE CARAPINA

Após ter o show cancelado no Espírito Santo por conta do avanço do Covid-19, Zeca Pagodinho anunciou nas redes sociais uma nova data para a apresentação: 19 de setembro de 2020. O espetáculo, que faria parte da festa "Resenha do Samba", estava agendado para 28 de março, no Pavilhão de Carapina, na Serra.

Procurada, a assessoria do evento informou que, embora o cantor tenha divulgado uma prévia da data, ainda é preciso aguardar confirmação de acordo com a  liberação de grandes shows por parte das autoridades. Caso o cliente não possa comparecer na nova data marcada, ele poderá pedir a restituição do dinheiro, seguindo a medida do Governo Federal.

COLATINA E SANTA TERESA

No Noroeste do Estado e na Região Serrana havia shows com músicos sertanejos marcados para abril, que precisaram ser adiados. Em Colatina, haveria uma apresentação de Gusttavo Lima, enquanto em Santa Teresa o espetáculo seria de Marília Mendonça. Leonardo Caetano, proprietário da empresa Léo Produções, afirmou que está em constante contato com os empresários envolvidos nos eventos, mas ainda não é possível falar em novas datas. 

"Os shows que estavam marcados serão todos adiados partindo do princípio de que temos um ano para remarcação após o fim da pandemia. Estamos em constante contato com os empresários e a resposta é a mesma: não há possibilidade nenhuma de reagendamento se não há previsão para ser retomado o mercado de shows. Caso o cliente comprove na Justiça que não pode ir ao show na nova data, ele terá o ressarcimento. Além de uma nova data de apresentação, daremos também a opção de ir em outro show, como um voucher", disse. 

CAFÉ DE LA MUSIQUE, EM GUARAPARI

Já o Café de La Music, em Guarapari, tinha show marcado para o último sábado, dia 11 de abril, com show dos cantores sertanejos Zé Neto e Cristiano. De acordo com a produção do local, todos os clientes foram reembolsados e não havia previsão de outros eventos no clube. 

GRANDES SHOWS NACIONAIS

Além das produções locais, muitos capixabas compraram ingressos para grandes shows nacionais, como Backstreet Boys, em São Paulo, e as turnês Metallica e Ben Haper & The Innocent Criminals, que foram adiados para outras datas. Indagada sobre os clientes que não poderão comparecer nas novas datas marcadas, a promotora de eventos Live Nation informou que dará informações sobre o assunto em breve. Já as apresentações de Eric NamNiall Horan, foram canceladas. 

"A Nice To Meet Ya’ World Tour de Niall Horan, incluindo o show de São Paulo marcado para 25 de novembro no Espaço das Américas, foi cancelada devido a circunstâncias sem precedentes. Niall Horan espera ver seus fãs no Brasil em breve. Os ingressos adquiridos serão reembolsados. As últimas paradas da turnê mundial de Eric Nam, a “Before We Begin World Tour”, incluindo o show de São Paulo, marcado para acontecer no dia 25 de março, no Cine Joia, foram canceladas para a segurança e bem-estar de todos. Agradecemos a compreensão", explicou, por nota. 

A Live Nation completou que todos aqueles que adquiriram seus ingressos através do sistema da Ingresso.com terão os bilhetes cancelados automaticamente. Para quem comprou com cartão de crédito, o valor da compra virá como crédito na fatura.

"Os prazos variam dependendo da data de fechamento do cliente e das instituições envolvidas no estorno, como as prestadoras de cartão de crédito e os bancos que emitem os cartões, sendo creditado na fatura seguinte ou na subsequente. Quem comprou através de boleto bancário deve enviar os dados de uma conta corrente para reembolso por depósito. Favor informar o banco, a agência, a conta-corrente, o nome do favorecido e o CPF do titular da conta, enviando para o e-mail [email protected]", disse a nota. 

  • Veja as datas previstas para os shows que foram remarcados:
  • Ben Haper & The Innocent Criminals: 30 de Setembro - Rio de Janeiro e 01 de Outubro - São Paulo.
  • Metallica: 14 de dezembro - Porto Alegre,  16 de dezembro - Curitiba, 18 de dezembro - São Paulo e 20 de dezembro - Belo Horizonte.
  • Backstreet Boys, em São Paulo: A Live Nation promete divulgar nova data em breve. 

BRAVA EVENTOS (VITÓRIA)

A reportagem também entrou em contato com a Brava Eventos, responsável por shows em Vitória, para saber quais espetáculos que tiveram ingressos vendidos precisarão ser adiados ou cancelados - além das alternativas de negociação com o público. Em resposta, a empresa disse que "o decreto, de alguma forma, ajudou a amenizar o prejuízo do mercado, mas qualquer ação dependerá do final da quarentena".

Afirmando que o setor de eventos deve ser um dos últimos a funcionar normalmente, a Brava está optando pela remarcação das festas. "A Brava Entretenimento torce para que tudo se resolva o mais rápido possível. Todos os artistas e fornecedores são parceiros. Quando tudo for solucionado e as autoridades liberarem a realização de eventos, os shows serão remarcados", disse por nota.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Espírito Santo Coronavírus Coronavírus no ES cultura espírito santo música teatro Isolamento social

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.