ASSINE

Começa consulta ao saque de R$ 1 mil do FGTS; veja como baixar app

Caixa Econômica Federal disponibilizou nova versão do aplicativo para a realização das consultas

Tempo de leitura: 2min
Publicado em 08/04/2022 às 07h55

Caixa disponibiliza, a partir desta sexta-feira (8), através do site fgts.caixa.gov.br uma área para consulta sobre o saque extraordinário de até R$ 1 mil do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Os primeiros a serem beneficiados pela medida são os nascidos em janeiro, que terão o recurso liberado no dia 20 de abril. 

Além do site, os trabalhadores podem instalar uma nova versão do aplicativo FGTS para a realização da consulta. No aplicativo, que está disponível para download para iOS na App Store e para Android na Play Store, trabalhadores com direito ao saque poderão consultar a data prevista, o valor que será creditado e realizar a inclusão de informações cadastrais para criação de conta poupança social digital. 

FGTS - aplicativo, saque, dinheiro
Versão mais recente do aplicativo conta com novos recursos para trabalhadores. Crédito: Carlos Alberto Silva

O trabalhador poderá, ainda, informar que não deseja receber o saque. Neste caso, o débito não será realizado na conta do FGTS. Além disso, caso já tenha ocorrido o crédito dos valores, o trabalhador pode optar por desfazer o crédito automático na conta poupança social digital até 10 de novembro de 2022. 

Vale destacar que, caso o crédito dos valores tenha sido feito e a conta não seja movimentada até 15 de novembro de 2022, os recursos voltam para a conta do FGTS corrigidos e sem nenhum prejuízo ao trabalhador. Também é importante salientar que, valores bloqueados na conta não estarão disponíveis para saque, como garantia de operações de crédito de antecipação do saque aniversário, por exemplo. 

“O valor do saque é de até R$ 1 mil por trabalhador, considerando a soma dos saldos disponíveis de todas as suas contas do FGTS. O crédito do saque extraordinário será feito em Conta Poupança Social Digital, aberta automaticamente pela Caixa em nome dos trabalhadores”, informa o banco.

PAGAMENTOS

O calendário do saque extraordinário do FGTS foi estabelecido de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. Os saques começam em 20 de abril, para nascidos em janeiro, e vão até 15 de junho, para nascidos em dezembro. Segundo a Caixa, cerca de R$ 30 bilhões serão liberados para aproximadamente 42 milhões de trabalhadores com direito ao saque. 

O pagamento ocorrerá por meio do aplicativo Caixa Tem, usado para o pagamento de benefícios sociais e trabalhistas nos últimos anos. O dinheiro será depositado numa conta poupança digital, podendo ser transferido posteriormente para uma conta corrente por meio do celular. O limite é o mesmo para cada trabalhador, independentemente do número de contas que ele tenha.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.