ASSINE

Pesquisa contribui para aumentar qualidade de fertilizantes

Melhoria da produção contribui para uma produção maior, alavancada pelo investimento em pesquisa de empresas como a Heringer

Tempo de leitura: 2min
  • Fertilizantes Heringer

  • Estúdio Gazeta

    O Estúdio Gazeta é o time de produção de conteúdo para anunciantes da Rede Gazeta, com estrutura independente da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 09/06/2022 às 11h02
Branded - Pesquisa contribui para aumentar qualidade de fertilizantes
A Heringer possui convênios com universidades, fundações, professores e pesquisadores para aprimorar seus produtos. Crédito: Heringer/Divulgação

A melhoria da eficiência da utilização dos fertilizantes está diretamente ligada ao investimento em pesquisas. Um dos resultados é o aumento da produtividade nas plantações. Dados do Ministério da Agricultura mostram que a produção deu um salto de 250% na década de 1990, saindo de 60 milhões de toneladas por safra para 250 milhões de toneladas. Já a área plantada, cresceu cerca de 50%.

A resposta para essa diferença está na incorporação cada vez maior de novas tecnologias no campo, aceleradas pela pesquisa. Segundo o especialista agronômico da Heringer e doutor em Fisiologia Vegetal, Rodrigo Ávila, a inovação é importante porque é uma forma de criar novas tecnologias para resolver problemas comuns dos agricultores.

“O adubo que se usa hoje na lavoura é uma formulação baseada na necessidade de macronutrientes para cada tipo de plantação. Esses macronutrientes são universais, pois todo o cultivo precisa deles, mas em níveis diferentes de acordo com o tipo de produção. Então, o que a tecnologia faz é dar mais flexibilidade para permitir formulações variadas, com o fertilizante preparado para as necessidades da cultura em questão”, conta.

Branded - Pesquisa contribui para aumentar qualidade de fertilizantes
A melhoria da eficiência da utilização dos fertilizantes está diretamente ligada ao investimento em pesquisas. Crédito: Heringer/Divulgação

Para que se alcance esses resultados, é necessário levar em consideração a necessidade do produtor, o objetivo da nova tecnologia e o investimento em pesquisa. Segundo Ávila, uma das pontas mais importantes dessa equação é a parceria público-privada, para permitir que o desenvolvimento passe por uma série de etapas de testes dentro de uma instituição idônea.

“Isso é importante para termos um produto de qualidade e confiabilidade. A Heringer possui convênios com universidades, fundações, professores e pesquisadores, o que torna possível a realização de experimentos que visam a melhoria do processo produtivo e dos fertilizantes. O controle de qualidade de cada filial é realizado no laboratório de Paulínia II (SP), que é certificado pelo Programa Interlaboratorial de Metodologia de Análises da Anda (Associação Nacional para a Difusão de Adubos)”, diz.

Branded - Pesquisa contribui para aumentar qualidade de fertilizantes
O controle de qualidade de cada filial é realizado no laboratório de Paulínia II, em São Paulo . Crédito: Heringer/Divulgação

A Heringer também mantém o Centro Experimental de Extensão e Pesquisa Cafeeira Eloy Carlos Heringer (Cepec). Os resultados dos estudos são compartilhados com os produtores rurais, que é uma forma de aumentar os ganhos em produtividade e, ao mesmo tempo, dar suporte técnico sobre a utilização dos novos produtos.

“Os nossos parceiros ajudam a fazer as melhores escolhas, e o contato com os produtores rurais é uma via de mão dupla, pois eles contribuem para testar novos produtos, ao mesmo tempo em que recebem palestras de nossos especialistas e até mesmo visitas no campo para saber como anda a sua produção”, avalia.

Este é um conteúdo de responsabilidade do anunciante.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Agronegócio Fertilizantes Heringer Agroindústria Agropecuária Agricultura Capixaba Tecnoagro

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.