ASSINE
A jornalista Renata Rasseli cobre os eventos sociais, culturais e empresariais mais importantes do Estado. Sua marca é aliar notícias a tendências de moda, luxo, turismo e estilo de vida

Empresários do ES debatem cenário das exportações de rochas na pandemia

O Centrorochas e o Sindirochas debatem o tema nesta quarta-feira (3) com o presidente da Apex-Brasil, Sergio Segovia

Publicado em 02/06/2020 às 05h00
Atualizado em 02/06/2020 às 05h01
Dotadas de desenhos e cores únicas, as rochas ornamentais são bastante requisitadas em projetos exclusivos.
Rochas ornamentais. Crédito: Sindirochas/Divulgação

Exportadores de rochas ornamentais de todo o Brasil estarão reunidos em uma webinar realizada pelo Centro Brasileiro dos Exportadores de Rochas Ornamentais, o Centrorochas, e o Sindirochas nesta quarta-feira, 03 de junho, com o presidente da Apex-Brasil, Sergio Segovia. O evento irá tratar sobre o cenário atual das exportações de rochas ornamentais frente à pandemia do Covid-19 e apontar perspectivas para o segmento nos próximos meses.

Afetada pela pandemia do novo coronavírus, a indústria nacional de rochas registrou queda de 13,48% no faturamento das exportações no primeiro quadrimestre do ano, em relação ao ano passado. Vale lembrar que o Espírito Santo possui destaque neste setor por ser o maior produtor e o principal exportador de chapas e blocos do Brasil, detendo o maior parque de beneficiamento e o maior polo produtor de bens de capital para o segmento.

Alguns empresários que já confirmaram participação: Frederico Robison, Tales Machado, Valdecyr Viguini, Ed Carlos, Fábio Cruz, Leonardo Pellegrino e os líderes dos sindicatos das indústrias do setor em Minas Gerais e no Ceará: Balbino Figueiredo e Carlos Rubens. Inscrições gratuitas no site do Centrorochas (www.centrorochas.org.br)

ANIVERSÁRIO

Rafaela Machado Leão Barbosa, aniversário de 34 anos
Rafaela Machado Leão Barbosa: celebrando 34 anos em casa!. Crédito: Camilla Baptistin

BEETHOVEN NO COMBATE À PANDEMIA

Um trecho da nona sinfonia de Beethoven, a Ode à Alegria, tida como uma das mais belas criações do músico e uma prova da capacidade de superação humana, já que ele já estava totalmente surdo na época da composição, é o alerta escolhido pela equipe do Vitória Apart Hospital para marcar quatro momentos muito importantes ao longo de cada dia no combate à pandemia de coronavírus.

Entre 8h e 20 horas, a música está sendo acionada quatro vezes, pelo período de um minuto, para que, nos setores assistenciais, todas as atividades sejam interrompidas e cada um faça a higienização de mãos, bancadas e superfícies que estiverem no entorno do ambiente de trabalho.

Os processos, obviamente, já são feitos com rigor, sob coordenação de equipe com a devida competência técnica, mas a ideia é reforçar a importância do hábito por meio da música, ressaltando o papel de cada um para zelar pelo bem de todos.

CURSO ONLINE

O advogado Victor Passos Costa aborda, nesta terça-feira (2), as novas regras trabalhistas em tempos de Covid-19. O curso on-line é voltado para empreendedores que querem tirar dúvidas sobre mudanças nas relações de trabalho durante a pandemia.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.