Colunista de Famosos

De quarentena, filho de Marcus Buaiz cria empresa aos 8 anos de idade

José Marcus Buaiz é apaixonado por games e, com a ajuda do pai, pretende investir no mercado do entretenimento assim que a pandemia do novo coronavírus der uma trégua

Publicado em 01/04/2020 às 09h00
Atualizado em 01/04/2020 às 09h01
Wanessa Camargo e o filho José Marcus Buaiz
Wanessa Camargo e o filho José Marcus Buaiz. Crédito: Reprodução/Instagram @marcusbuaiz

A visão empreendedora aflora cedo na família Buaiz. Se Eduarda Buaiz, em bate-papo com A GAZETA no ano passado, falar que os filhos fazem pesquisa de mercado (à sua maneira) com os amiguinhos da escola não te convenceu disso, caro leitor, aqui vai mais uma: José Marcus, de 8 anos, filho mais velho de Marcus Buaiz (irmão de Duda, para os íntimos), aproveitou o período de quarentena em meio à pandemia do novo coronavírus para criar sua própria empresa.

Trata-se do projeto de uma firma voltada para games, mercado que a cada ano se mostra crescentemente promissor pelo Brasil afora. “Eu e o José Marcus criamos uma empresa que irá se chamar Jm2b. Nosso foco será entretenimento em especial de games”, escreveu Marcus, em um post feito no Instagram.

WANESSA CAMARGO: A GAROTA-PROPAGANDA

A coluna, que não dorme no ponto, foi atrás do empresário para entender melhor a empreitada. “É uma ideia totalmente concebida pelo José Marcus. Eu tentei traduzir em uma logomarca (risos)", conta, para este colunista, mostrando que a esposa, Wanessa Camargo, será a garota-propaganda da empresa.

Wanessa Camargo e o filho José Marcus Buaiz
 . Crédito: Arquivo pessoal/Coluna Pedro Permuy

A ideia é, ainda, bastante embrionária. No entanto, pai e filho têm, sim, intenção de colocá-la em prática assim que o isolamento pela Covid-19 der uma trégua. “Nós vamos colocar em prática sim, né, meu filho?”, falou o pai com José Marcus, enquanto conversava com a coluna, e o menino respondeu: “É sim”.

Coronavírus Covid-19 marcus buaiz Isolamento social

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.