ASSINE
É jornalista e tem um olhar atento sobre comportamento, arte, relacionamentos e lifestyle. Compartilha as suas ideias sempre com a intenção de criar ambientes favoráveis ao desenvolvimento das pessoas

Quais os critérios para organizar uma lista de casamento?

Mais uma vez estou no papel de mãe de noiva, minha primogênita Isadora vai casar. E, independente do evento, a prioridade é sempre dos donos da festa

Publicado em 15/10/2021 às 08h26
Casamento: como fazer a lista de convidados
Casamento: como fazer a lista de convidados. Crédito: Pixabay

Mais uma vez estou no papel de mãe de noiva, minha primogênita Isadora vai casar. Quero voltar ao assunto lista de convidados com vocês meus queridos leitores.

Acredito que, quem ainda não viveu, provavelmente um dia, experimentará a difícil tarefa de elaborar uma lista de convidados. Seja aniversario, confraternização da empresa, formatura... Enfim qualquer celebração nos deixa com a nítida impressão do que seja estar em um “beco sem saída”.

Casamento é uma festa que envolve a família toda. Por isto, todos se lembram das pessoas que estiveram presentes em vários momentos de nossas vidas e que gostaríamos de compartilhar. Amigos que acompanharam a gravidez e que viram nossos "bebês" nascerem, participaram da infância, da adolescência, ou seja, muitas pessoas queridas que ficaram de fora da lista. Por isso, resolvi dividir aqui, o nosso critério porque, por experiencia, garanto que foi o que possibilitou que este momento tenha sido leve.

O casamento terá um tamanho mediano e os noivos possuem muitos amigos. Por isso, decidimos que os convidados seriam totalmente deles. Sim uma lista feita pelos noivos. É claro que muitos amigos do casal acabaram ficando de fora e, garanto que isso partiu o coraçãozinho deles, mas, existe também a família e, alguns poucos amigos dos pais com os quais eles desenvolveram afeto e amizade.

Este vídeo pode te interessar

Divido este momento com vocês, por saber que, em muitos casos, grandes conflitos são gerados sem necessidade. Independente do evento, a prioridade é sempre dos donos da festa. Deixemos os “nossos” convidados para as nossas comemorações.

Não quero dizer com isto, que não se possa organizar uma festa onde os  convidados de toda a família possam ser convidados, mas, isso é papo para outro formato de evento, maior.

Até a próxima.

Este texto não traduz, necessariamente, a opinião de A Gazeta.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Casamento

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.