ASSINE
Jornalista de A Gazeta há 10 anos, está à frente da editoria de Esportes desde 2016. Como colunista, traz os bastidores e as análises dos principais acontecimentos esportivos no Espírito Santo e no Brasil

Pedra no sapato do Flamengo, São Paulo é o último obstáculo para o título

Rubro-Negro terá que vencer seu maior algoz nesta temporada. Mas o Tricolor de hoje não lembra em nada o time que derrotou o Fla três vezes em novembro de 2020

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 25/02/2021 às 02h00
Atualizado em 25/02/2021 às 02h03
Flamengo
Flamengo precisa derrotar o São Paulo para não ter que depender de tropeço do Inter para ser campeão. Crédito: Alexandre Vidal/Flamengo

Enfim, chegou o grande dia. Ao fim da noite desta quinta-feira (25), saberemos quem será o grande campeão do Campeonato Brasileiro 2020. Líder da competição com 71 pontos, o Flamengo só depende de si para levantar a taça. Precisa vencer o São Paulo, em pleno Morumbi, nesta derradeira 38ª rodada. Já lá em Porto Alegre, o Internacional (69 pontos), único rival ainda com chance de título, terá que derrotar o Corinthians e torcer por um tropeço rubro-negro. Nenhum dos dois candidatos ao título terá vida fácil dentro de campo.

Para soltar o grito de octacampeão, o Flamengo terá que derrotar um cambaleante São Paulo, seu maior algoz nesta temporada. Em três confrontos, o Rubro-Negro sofreu três derrotas: 4 a 1 no Brasileirão, e 2 a 1 e 3 a 0 nas quartas de final da Copa do Brasil, onde amargou a dura eliminação. Se tem um time que assimilou o caminho para vencer o Fla, este foi o Tricolor Paulista.

Entretanto, os momentos são completamente diferentes. À época das vitórias sobre o Flamengo, novembro de 2020, o São Paulo, ainda comandado por Fernando Diniz, vivia excelente fase. Jogava seu melhor futebol e caminhava para liderar o Brasileirão com sobras. Mas o encanto acabou, o time entrou em espiral de derrotas, demitiu o treinador e praticamente jogou a toalha nesta temporada. Mesmo ainda lutando para assegurar a quarta colocação, que lhe garante um lugar direto na fase de grupos da Libertadores, o Tricolor chegou a perder para o já rebaixado Botafogo, na última segunda-feira (22).

Se a fase do São Paulo não é das melhores, o Flamengo vive o oposto. O Rubro-Negro vem em ascensão e derrotando todos os seus adversários. O trio formado por Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabigol voltou a ser decisivo quando o clube mais precisa. O momento é todo do Fla, que entra em campo com a faca e o queijo na mão para ser campeão.

Brenner marcou os dois gols da vitória do São Paulo, o segundo em falha grave do goleiro Hugo
Brenner marcou os dois gols da vitória do São Paulo sobre o Flamengo no jogo de ida das quartas de final da Copa do Brasil, o segundo em falha grave do goleiro Hugo. Crédito: Miguel Schincariol/saopaulofc.net

Rogerio Ceni deve escalar inicialmente o mesmo time que enfrentou o Internacional. Jogadores que chegaram a ser dúvidas como Rodrigo Caio e Gabigol já estão confirmados no jogo. Na defesa, Gustavo Henrique será mantido no lugar de Willian Arão que ainda não está completamente recuperado de lesão. Do outro lado, um São paulo que não terá Reinaldo na lateral esquerda e algumas modificações no sistema defensivo. A esperança do Tricolor estará nos pés de Daniel Alves no meio-campo e na dupla de ataque formada por Luciano e Pablo.

INTER TEM QUE FAZER SUA PARTE

No outro grande jogo da noite, o Internacional precisa se concentrar apenas em vencer e não ficar preocupado com o resultado do duelo do Morumbi. Abel Braga terá a volta do zagueiro Cuesta e vai escalar Heitor na vaga de Rodinei, que foi expulso contra o Flamengo. Os demais serão os mesmos que já vêm atuando nos últimos jogos. A partida não vale tanto para o Corinthians, que não pode mais chegar à Libertadores e também não perde sua vaga na Sul-Americana, mas certamente vai dificultar a vida do Colorado.

Futebol Brasileirão flamengo flamengo

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.