ASSINE
É Fisioterapeuta, acupunturista e especialista em avaliação e tratamento de dor crônica pela USP. Entende a saúde como um estado de equilíbrio para lidar com as adversidades da vida de forma mais harmônica

Retenção de líquido em gestantes: entenda o que é e como cuidar

A gravidez é um período de constantes transformações para as mulheres. A maioria delas é acometida por alguns incômodos como os inchaços, especialmente nos membros inferiores

Publicado em 14/02/2022 às 11h16
Mulheres podem ter inchaço nas pernas durante a gravidez
Mulheres podem ter inchaço nas pernas durante a gravidez. Crédito: Shutterstock

A gestação é o amor brotando no ventre, é a raiz da vida crescendo e florescendo, formando o fruto. A gravidez é um período de constantes transformações, sejam físicas, fisiológicas e psicológicas, onde para a maioria das mulheres modifica dinamicamente seu corpo, e geralmente é acometida por alguns incômodos como os inchaços, especialmente nos membros inferiores.

Com relação às mudanças estruturais ou físicas, temos um útero aumentando de tamanho e ocupando espaços, reduzindo passagens. É o caso das veias que estão no ventre e a veia cava no abdome, que captam o sangue vindo das pernas para levar ao coração. A diminuição do fluxo desse retorno venoso causa o acumulo nos membros inferiores. É importante lembrar que a quantidade de sangue no corpo aumenta na gravidez.

O nosso sistema linfático, que cuida da defesa do corpo e circula liquido pelo organismo, é fortemente influenciado pela progesterona, hormônio feminino que está em alta durante a gestação. Dessa forma, a circulação dos líquidos corporais se modifica conforme o contorno e o conteúdo do corpo se alteram. A natureza sempre sabe o que faz.

Além disso, fatores alimentares e ingestão de liquido interferem no quadro, bem como o sedentarismo. Assim como se atenta para prática de atividade física, escolha de alimentos saudáveis e quantidade mínima de água diária em todas as fases da vida, na gestação não seria diferente.

Com isso, o que se recomenda para evitar esta queixa são medidas de saúde como estas de alimentação, atividade física e ingestão de água de forma adequada. Somam-se a isso recomendações de drenagem linfática, colocar os pés para o alto em posição conhecida como Tredelemburg e realizar acupuntura.

Este vídeo pode te interessar

Este texto não traduz, necessariamente, a opinião de A Gazeta.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Saúde gravidez

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.