ASSINE

Renan fala em ministério paralelo e gabinete das sombras no governo Bolsonaro​

Para o relator da CPI, tanto Teich como Luiz Henrique Mandetta, deixaram claro que não sabiam que o governo havia determinado aumento da produção de cloroquina

Publicado em 05/05/2021 às 17h28
Renan Calheiros durante a CPI da Covid
Renan Calheiros durante a CPI da Covid. Crédito: Edilson Rodrigues/Agência Senado

O senador Renan Calheiros(MDB-AL) avaliou que o depoimento do ex-ministro da Saúde Nelson Teich nesta quarta-feira (5) reforça elementos de que há um "ministério paralelo" no governo que elabora diretrizes no combate à pandemia do coronavírus.

"Estes primeiros depoimentos deixam clara a existência de um ministério paralelo da saúde. Um poder paraestatal, das sombras, um gabinete das sombras, desconhecido, que não apenas aconselha, assessora, mas produz documentos, como a burla na bula, encaminha soluções, como produzir mais cloroquina, e confronta as orientações dos médicos", avaliou.

Para Calheiros, tanto Teich como Luiz Henrique Mandetta, ex-ministro que prestou depoimento na terça (4), deixaram claro que não sabiam que o governo havia determinado aumento da produção de cloroquina e que isso foi feito ao "arrepio do Ministério da Saúde".

"Os dois foram ignorados nas orientações desaconselhando a cloroquina, o isolamento, uso de equipamentos de proteção e divergências sobre o conceito de imunidade de rebanho", afirmou o relator.

O relator também disse que o depoimento de Teich foi "despolitizado", que ele deixou claro que rechaçava políticas negacionistas.

"Em nome da própria biografia o ministro pediu demissão por defender que, além de ineficaz, o medicamento apresentava riscos efetivos à saúde pública", comentou Calheiros.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.