ASSINE

OMS pede US$ 4,3 bi em doações para vacinar países pobres contra Covid

Tedros lembrou que a maior parte de casos e mortes da doença nesta semana se deu na Europa e nas Américas e pediu à população cautela nas festas de fim de ano

Publicado em 11/12/2020 às 14h14
O diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, alertou na segunda-feira (27) que a pandemia continua a acelerar, com o número de casos em todo o mundo dobrando nas últimas seis semanas
O diretor da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, alertou na segunda-feira (27) que a pandemia continua a acelerar, com o número de casos em todo o mundo dobrando nas últimas seis semanas. Crédito: Reuters/Folhapress

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom, pediu US$ 4,3 bilhões em doações para garantir a imunização contra a Covid-19 em países pobres. "Temos uma lacuna que precisa ser preenchida. Só assim vidas serão salvas e haverá uma recuperação econômica global verdadeiramente acelerada", declarou, durante coletiva de imprensa nesta sexta-feira (11). 

Tedros lembrou que a maior parte de casos e mortes por Covid-19 nesta semana se deu na Europa e nas Américas e pediu à população cautela nas festas de fim de ano. "Eu peço, por favor, não baixemos a guarda. Vamos comemorar de forma segura", disse o diretor-geral.

Ele ainda comemorou o início da vacinação contra o novo coronavírus no Reino Unido, com os imunizantes desenvolvidos pela Pfizer em parceria com a BioNTech. "Queremos ver essas imagens em todo o mundo. Isso, sim, seria um verdadeiro sinal de solidariedade global", afirmou.

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.