ASSINE

Nenhum dos homens que aparecem em vídeos criticando isolamento é analista da bolsa NASDAQ

Vídeos de terceiros, com críticas à política de isolamento social como combate à pandemia do novo coronavírus, foram atribuídos a Marcio Rocha, um suposto analista da bolsa NASDAQ, de Nova York

Publicado em 09/04/2020 às 21h32
Homem que aparece em vídeo criticando isolamento não é analista da bolsa NASDAQ
Homem que aparece em vídeo criticando isolamento não é analista da bolsa NASDAQ. Crédito: Projeto Comprova

Postagens nas redes sociais usam o nome de um suposto analista da Nasdaq, a bolsa de valores de Nova York, para impulsionar o compartilhamento de vídeos com críticas à política de isolamento social como combate à pandemia do novo coronavírus. Cada vídeo é diferente, mas todos eles trazem uma descrição com poucas variações: "Este é Marcio Rocha, analista da bolsa Nasdaq, de Nova York, que mora em Oakville, no Canadá".

As informações foram checadas pelo Projeto Comprova, coalizão que reúne 24 veículos de imprensa do Brasil para combater desinformações, desta vez, com foco no coronavírus. Participaram das etapas de checagem e de avaliação da verificação jornalistas de Estadão, A Gazeta, Exame e SBT. 

Um dos vídeos que circula no Facebook, creditado a Marcio Rocha, é na verdade do economista e master coach Djalma Pinho. Ele confirmou ao Comprova que um vídeo publicado em seu canal no YouTube no dia 30 de março foi compartilhado em um perfil de Facebook e creditado a Marcio Rocha.

O mesmo ocorreu com material gravado por Wilian Tonezi, ativista do Movimento Direita Joinville. Ele teve a parte final de um vídeo publicado em 2 de abril na página do movimento recortada e republicada. A nova postagem, feita em um perfil do Twitter, passa a identificá-lo como Marcio Rocha.

Além desses, a reportagem encontrou mais um vídeo atribuído ao suposto analista da bolsa. Desta vez, o alvo foi a Rádio Bandeirantes de Goiânia. A gravação da edição do dia 2 de novembro de 2019 do Programa Cidade 820 foi republicada na página Notícias Servseg, no Facebook, com legenda que citava Marcio Rocha. Na verdade, o convidado da rádio naquele dia era o youtuber conservador Gustavo Gayer. Ele comentava sobre a cobertura da Rede Globo do caso Marielle.

Há ainda um áudio que circula no WhatsApp e nas redes sociais, também atribuído a Marcio Rocha. Nele, uma voz elogia a gestão do governo Bolsonaro sobre a crise do coronavírus. O Comprova não conseguiu verificar a autoria do áudio.

Falso, para o Comprova, é o conteúdo inventado ou que tenha sofrido edições para mudar o seu significado original e divulgado de modo deliberado para espalhar uma mentira.

COMO VERIFICAMOS

O Comprova identificou vários vídeos atribuídos a Márcio Rocha no YouTube, Facebook e Twitter.

Em uma das gravações, aparece o nome Djalma Pinho. No canal dele no YouTube, verificamos que o vídeo atribuído a Marcio Rocha foi publicado no dia 30 de março com o título "Alarde inconsequente da mídia ou realidade?". O coach compara o número de casos de coronavírus no Brasil com o de outros países para afirmar que não há motivo para pânico em torno da doença.

Homem que aparece em vídeo criticando isolamento não é analista da bolsa NASDAQ
Um dos vídeos que circula no Facebook, creditado a Marcio Rocha, é na verdade do economista e master coach Djalma Pinho. Crédito: Reprodução|YouTube

Também entramos em contato com Pinho por meio da editora Record, que publicou o livro "Desvende o poder da inteligência espiritual". Por e-mail, o autor confirmou que o vídeo era de sua autoria.

No segundo vídeo, é mostrado o link para o perfil de Wilian Tonezi. Além disso, ele fala em frente a um painel com a sigla "MDJ". Acessamos o seu perfil e encontramos o vídeo original. Identificamos que a sigla MDJ refere-se ao Movimento Direita Joinville. A foto do perfil de Tonezi no Facebook mostra que é a mesma pessoa que aparece na gravação.

No vídeo, o ativista de direita critica as medidas de quarentena adotadas por governadores de diferentes Estados do País, que vão de encontro às opiniões externadas pelo presidente Jair Bolsonaro sobre a necessidade de reabertura do comércio mesmo em meio à pandemia do coronavírus.

Homem que aparece em vídeo criticando isolamento não é analista da bolsa NASDAQ
Material gravado por Wilian Tonezi, ativista do Movimento Direita Joinville. Crédito: Projeto Comprova

Por fim, no terceiro vídeo há identificadores da Rádio Bandeirantes de Goiânia e do programa Cidade 820. Na página da emissora de rádio no Facebook encontramos a gravação original, de 2 de novembro de 2019.

Homem que aparece em vídeo criticando isolamento não é analista da bolsa NASDAQ
Apresentador do programa identifica o entrevistado como professor Gustavo Gayer. Crédito: Reprodução|YouTube

O apresentador do programa identifica o entrevistado como professor Gustavo Gayer. No canal do professor no YouTube, é possível confirmar que se trata da mesma pessoa. Na entrevista à Rádio Bandeirantes, Gayer responde a uma pergunta sobre a cobertura da Rede Globo sobre o caso do assassinato da vereadora Marielle Franco. O youtuber diz que a emissora está "pegando pesado" e que a empresa se beneficia quando o país tem mau desempenho econômico.

Quem é Marcio Rocha?

A ferramenta BrokerCheck lista operadores das bolsas dos Estados Unidos, verificados pela Finra, entidade não-governamental independente que regula a área. Há apenas um “Marcio Rocha” entre os operadores, mas o Comprova não conseguiu confirmar se é a pessoa que fala no áudio disseminado nas redes sociais.

A reportagem encontrou o nome Marcio Rocha em ferramentas de busca de indivíduos, como o site Pipl, mas não conseguiu fazer contato com o suposto operador da NASDAQ.

VIRALIZAÇÃO

O Comprova verifica conteúdos suspeitos compartilhados em redes sociais e aplicativos de mensagem que tenham grande viralização. Os vídeos falsamente atribuídos a Marcio Rocha tiveram, somados, 16,9 mil visualizações até o dia 8 de abril.

O site Boatos.Org também publicou uma checagem sobre os três vídeos.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.