ASSINE

Mulher no DF está em estado grave com suspeita de coronavírus

Ela teve o teste com resultado positivo para a doença, mas as autoridades aguardam a contraprova para confirmar.  A paciente de 52 anos apresenta síndrome respiratória aguda severa  e respira com ajuda de aparelhos

Publicado em 07/03/2020 às 14h19
Atualizado em 07/03/2020 às 16h05
Mulher de 52 anos está com síndrome respiratória aguda severa. O estado de saúde é grave. Crédito: TV Globo/Reprodução
Mulher de 52 anos está com síndrome respiratória aguda severa. O estado de saúde é grave. Crédito: TV Globo/Reprodução

Uma mulher de 52 anos internada no Distrito Federal com suspeita de coronavírus, apresenta a síndrome respiratória aguda severa. Ela já teve um dos testes com resultado positivo para a doença, mas as autoridades aguardam ainda a contraprova. Se confirmar a infecção, o caso será o primeiro grave provocado pela doença no Brasil.

Segundo reportagem do G1, a paciente respira com ajuda de aparelhos. A informação foi divulgada em boletim da Secretaria de Saúde do Distrito Federal. O estado grave da mulher tem relação com uma doença crônica pré-existente, mas não divulgaram detalhes sobre qual seria a doença.

A paciente está isolada na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Regional da Asa Norte, que se tornou a referência para receber casos suspeitos de coronavírus no Distrito Federal. O material biológico para realização de contraprova foi enviado na sexta-feira (06) ao Instituto Adolfo Lutz, em São Paulo.

A mulher esteve em viagem no Reino Unido e na Suíça e começou a apresentar sintomas em 26 de fevereiro. Com sintomas de febre, tosse e secreções, ela foi atendida na quarta-feira, 4, no Hospital Daher, no Lago Sul. Na quinta, um exame feito no hospital deu positivo para o vírus e ela foi transferida ao HRAN – a unidade está na lista de locais de referência do DF para tratamento da doença.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.