ASSINE

'Espero que Congresso e STF tomem posição firme', diz Gleisi Hoffmann

Ao criticar o presidente, Gleisi Hoffmann afirmou que Bolsonaro aposta no caos para justificar uma intervenção militar no País

Publicado em 19/04/2020 às 20h05
Gleisi Hoffmann
Gleisi Hoffmann. Crédito: Alessandro Dantas

Presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), a deputada federal Gleisi Hoffmann (PR) seguiu outras lideranças políticas do País e também comentou a participação do presidente Jair Bolsonaro, na tarde deste domingo (19) em manifestações em defesa do fechamento do Congresso Nacional.

Em transmissão ao vivo no Instagram com o deputado federal Zeca Dirceu (PR-PR), Gleisi disse esperar que o Congresso Nacional e o Supremo Tribunal Federal (STF) tomem uma posição "firme" sobre o episódio deste domingo ainda nesta semana.

Ao criticar o presidente, Gleisi Hoffmann afirmou que Bolsonaro aposta no caos para justificar uma intervenção militar no País. "Fiquei estarrecida. Ele quer uma ditadura no Brasil. É de uma irresponsabilidade ilimitada", declarou a presidente do PT.

Gleisi, que foi ministra-chefe da Casa Civil na gestão Dilma Rousseff, ainda criticou a condução do Executivo no combate aos efeitos econômicos da pandemia do novo coronavírus. Para ela, o governo precisa estudar punição aos bancos, que estariam "empoçando o crédito" e impedindo que os estímulos cheguem a empresas e cidadãos.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.