ASSINE

Em campanha, Boulos vai à Faria Lima rebater fama de invasor de casas

A ação, segundo a campanha do candidato à prefeitura de São Paulo, é feira para abrir um canal de diálogo com os eleitores e ouvir suas demandas e reclamações

Publicado em 27/10/2020 às 16h44
Atualizado em 27/10/2020 às 16h44
O pre-candidato do PSOL à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos
O pre-candidato do PSOL à Prefeitura de São Paulo, Guilherme Boulos. Crédito: Alice Vergueiro/Folhapress

O candidato à Prefeitura de São Paulo Guilherme Boulos (PSOL) lançou nesta terça-feira (27) um vídeo de campanha no qual visita a avenida Faria Lima, centro financeiro localizado na zona oeste da capital paulista, e aborda eleitores que o rejeitam.

Chamado de "Fala na Lata", o quadro é inspirado no finado programa de humor CQC, transmitido pela TV Bandeirantes. Na primeira peça, uma entrevistadora pergunta a um homem e a uma mulher o que eles pensam do candidato. "Sei que ele é de esquerda, que ele procura parar o Brasil", "se faz de pobre, mas de pobre não tem nada", ouve em resposta.

O psolista, então, desce de um carro e se apresenta aos entrevistados. "Essa coisa da invasão, que é o que mais falam ao meu respeito, também é uma mentira tremenda", afirma a um deles ao ser questionado sobre sua atuação no MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto).

A ação, segundo a campanha de Boulos, será replicada em bairros ricos de São Paulo como Vila Olímpia, Itaim Bibi, Jardins, Moema e Vila Nova Conceição. O objetivo é abrir um canal de diálogo com os eleitores e ouvir suas demandas, críticas e reclamações.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.