ASSINE

Teve um "branco"? Pode ser epilepsia

Sinais "invisíveis" podem adiar o diagnóstico do problema

Publicado em 16/08/2018 às 18h55

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.