ASSINE

Terapia de casal: saiba quando procurar e como funciona

O que fazer quando o diálogo em casa não está sendo suficiente? Até que ponto as discussões são naturais? Para tentar reverter um quadro de aparente tensão, muitos casais buscam a terapia

Tempo de leitura: 2min
Publicado em 25/11/2021 às 20h27
Casal de mãos dadas
Terapia de casal pode ser útil para ouvir e escutar o parceiro ou parceira. Crédito: Pixabay

A vida a dois pode não ser tão fácil como parece, mas oferece prazeres singulares. Seja em um relacionamento recente ou completando Bodas de Ouro, com 50 anos de casamento, sempre há um ponto de conflito para o casal. Em qualquer tipo de relação, heteroafetiva ou homoafetiva, a união de pessoas com personalidades diferentes exige muito diálogo. Mas o que fazer quando apenas conversar não é suficiente? Até que ponto as discussões são naturais e quais os reflexos no convívio? Para tentar reverter um quadro de aparente tensão, muitos casais buscam a terapia.

A terapia de casal, ou seja, quando as duas pessoas estão sendo acompanhadas por um profissional de psicologia, é a busca por acolhimento e escuta. Para a psicóloga e terapeuta familiar Adriana Müller, buscar uma terapia é mostrar interesse na manutenção do relacionamento.

Em entrevista ao jornalista Mário Bonella, durante o CBN e a Família, da Rádio CBN Vitória, a psicóloga ressalta que a terapia funciona como um ambiente neutro, sem julgamentos. Adriana Müller afirma que o profissional da psicologia, no momento da terapia, não é como um padre escutando confissão, tampouco um juiz ouvindo um relato.

Adriana Müller

Piscóloga e comentarista da CBN Vitória

"Uma terapia de casal é a busca para restabelecer um vínculo de confiança e parceria. O que falta é diálogo. Quando estamos no consultório e uma pessoa explica o que acontece, a outra pode ouvir de fora, não como receptor da mensagem. Não é um momento de acusação ou cobrança, mas de explicação. O contrário também. Existe uma abertura para escutar o que o outro está dizendo"

Para a especialista em terapia familiar, é preciso valorizar a mudança no olhar do casal durante o processo. As conversas do casal ficam mais fáceis quando mediadas por um psicólogo. Ela ressalta que procurar uma terapia de casal, seja qual for o tamanho do conflito, é uma demonstração de interesse.

"É bonito perceber que eles começam a entender alguns pontos de forma diferente a partir de uma perspectiva diferente", comenta.

  1. A Gazeta - szdafqlv9mi
    01

    COMO FUNCIONA?

    "Via de regra, faço sempre com os dois juntos. Mas um pode consultar sem o outro, desde que ambos concordem. Caso isso aconteça, precisamos de uma terceira reunião, juntando os dois, para acertar entre eles o que há de conflito", explica Adriana Müller.

  2. A Gazeta - f38qcu
    02

    QUAL É O PAPEL DO PSICÓLOGO?

    A comentarista da CBN Vitória ressalta a importância das duas pessoas estarem na "mesma página" do relacionamento. Se o problema vivido na vida pessoal já é desconfortável, o psicólogo precisar criar um ambiente de acolhimento. No local, serão ouvidas reclamações e angústias, sem julgamento, mas com objetivo de melhorar o relacionamento.

  3. A Gazeta - 0m97ewr
    03

    QUEM PROCURA A TERAPIA DE CASAL?

    "Normalmente a mulher procura mais, mas isso tem mudado. Os homens estão buscando mais esse assunto", diz a psicóloga.

  4. A Gazeta - 07195spwp23q
    04

    É POSSÍIVEL TER "ALTA" DA TERAPIA?

    Adriana Müller explica que a "alta", em referência aos cuidados médicos, pode ser o momento em que o casal saiba lidar com o outro. "Se precisarem de um ajuste ou outro, são detalhes, mas seguem felizes. O ato de buscar terapia mostra a vontade de melhorar. Um casal que chega desdenhando dificilmente consegue se conectar", diz a especialista.

  5. A Gazeta - qj2q7b
    05

    QUAIS OS PROBLEMAS MAIS COMUNS NA TERAPIA?

    De acordo com Adriana Müller, muitas pessoas buscam uma terapia com uma vontade de voltar ao passado e ao que tinha em um tempo que não existe mais, como se aquele ciclo não tivesse sido encerrado. Há ainda comparações com outros casais, por exemplo, a quantidade de viagens e a demonstração de felicidade em público. A psicóloga cita ainda a vontade de mudar o outro conforme as expectativas.

  6. A Gazeta - q4ntbufqqv
    06

    QUANDO PROCURAR A TERAPIA?

    "Um relacionamento a dois tem seus desafios. A gente não vai procurar terapia sempre que tiver alguma dificuldade, até pelo risco de o próprio casal perder a competência de lidar com esses momentos. Normalmente, há uma crise do casal. Duas saídas estão disponíveis: uma para o escritório do advogado, que é a separação, e outro para o consultório de psicologia, na terapia de casal. As crises costumam acontecer em mudanças de fases, como o crescimento dos filhos", explica.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Casamento cbn vitoria Família Psicologia Adriana Müller

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.