ASSINE

Médica capixaba faz sucesso na área de transplantes no ES

Talitha Martins Fosse é um dos principais nomes na área

Publicado em 06/03/2020 às 20h32
Abrindo o baú de Talitha Martins Fosse. Crédito: Fernando Madeira
Abrindo o baú de Talitha Martins Fosse. Crédito: Fernando Madeira

Foi na adolescência que Talitha Martins Fosse, 32 anos, decidiu que seria médica. Hoje ela é um dos principais nomes na área de transplantes. A capixaba se preparou para isso. Fez residência médica de Cirurgia Geral, de Cirurgia do Aparelho Digestivo e de Transplante Hepático - todas no Hospital Universitário Cassiano Antonio Moraes (HUCAM). “Confesso que não estava nos meus planos fazer essa terceira residência, mas no meu último ano de Aparelho Digestivo, o chefe me convenceu que essa experiência era fundamental. Hoje tenho muito orgulho de fazer parte desse time no Centro de Transplantes. Todo esse processo se mantém e começa com um ato de amor ao próximo, com a decisão da doação de órgãos”. Ela é uma das poucas mulheres na área de transplantes de fígado, tem inspirado muitas outras a se especializar nessa área e se diz orgulhosa da sua trajetória. “Trabalho o tanto que precisar". 

  1. A Gazeta - u2xoaby
    01

    Não vivo sem...

    O cordão com minhas medalhas. Nem sei dizer desde quando uso esse cordão, com certeza considero um amuleto. Cada medalha tem um significado, sendo a de Nossa Senhora das Graças a que acredito me oferecer proteção. Não tiro por nada. Carrego sempre comigo.

  2. A Gazeta - qht7nnsz1r
    02

    Coleção.

    Desde a adolescência coleciono canecas. Compro uma sempre de algo que quero guardar de lembrança, seja de um lugar seja de um evento.

  3. A Gazeta - 6wocjj97x
    03

    História.

    O diploma de médica significa a conclusão de um projeto especial e a bandeja de suturas, o início de dedicação ao sonho de cirurgiã.

  4. A Gazeta - idx6ws9
    04

    Eu adoro.

    Tenho várias camisetas com frases diversas. Escolhi essa por ser representativa. Não estou falando de feminismo como ideologia, apenas não acredito que o gênero determina competência. Afinal “o lugar da mulher é onde ela quiser”.

  5. A Gazeta - m9xs80c6v
    05

    Guardo com carinho.

    A bandeira do Brasil que comprei em 13 de Março de 2016. Desejo um novo Brasil e acredito que começamos a nos organizar para isso. Estamos longe do ideal, mas com a vontade de construir algo melhor.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.