ASSINE

Preço justo e entrega rápida sustentam loja de ferragem

A Distriferro, especializada em produtos siderúrgicos, atribui desempenho em pesquisa às políticas de relacionamento com o cliente

Publicado em 17/06/2021 às 01h10
Distriferro
A Distriferro vem conquistando novas fatias do mercado de produtos siderúrgicos. Crédito: Distriferro/Divulgação

Empresa especializada em produtos siderúrgicos, a Distriferro conquistou o primeiro lugar na categoria “Loja de Ferragens” no Recall da Rede Gazeta e, nas palavras do fundador e diretor Alexandre Barbosa, a política de bom relacionamento e transparência com o cliente, o preço justo e as entregas rápidas são os principais responsáveis pelo prêmio.

“Nosso cliente precisa estar satisfeito em todas as etapas, da negociação até a entrega da encomenda. São 27 anos de atenção e respeito, fornecendo mercadorias das principais usinas do país com preço justo e planejamento na hora da entrega. Começamos com uma unidade pequena e, hoje, já são 90 colaboradores e três unidades em municípios diferentes: Vila Velha, Cariacica e Serra”, valoriza Alexandre Barbosa.

De acordo com o diretor, durante a pandemia, um momento de insegurança e instabilidade econômica para grande parte dos negócios, a Distriferro soube usar os recursos para manter o quadro de funcionários, não perder clientes e até conquistar novas fatias do mercado.

Alexandre observa que ainda pairam incertezas políticas e algum grau de ameaça à estabilidade, mas é preciso se organizar e planejar. “O novo normal é muito surpreendente. Cabe a nós mantermos a atenção nas últimas notícias e realizarmos um planejamento para curtíssimo prazo com respostas rápidas”, reforça.

Distriferro: fundador e diretor Alexandre Barbosa
Fundador e diretor da empresa, Alexandre Barbosa reforça a importância do planejamento para corresponder às expectativas dos clientes. Crédito: Distriferro/Divulgação

O diretor e fundador lembra que a empresa começou a expandir quando tiveram a percepção de que os clientes não precisavam apenas dos materiais básicos, mas que os complementos e ferramentas também eram necessários.

“Vimos que, para vender a mercadoria do estoque, era necessário ter complementos, pois os itens que tínhamos não atendiam ao mercado na totalidade. Então, compramos outras bitolas de barras, cantoneiras e diversos itens. Aí, nosso cliente pediu para ampliarmos a oferta no segmento de serralheria e metalurgia: entramos no mercado de chapas, perfis, tubos”, descreve.

E, segundo ele, não parou por aí. “Em seguida, começamos a prestar serviços de corte e dobra de chapas até chegar ao ponto de instalarmos uma indústria de conformação de aço. Hoje, além de todos os produtos já citados, fornecemos equipamentos para a fabricação de perfis, telhas e similares”, pontua Alexandre Barbosa, que divide o comando do negócio com os filhos. u

Vídeo do ganhador com troféu do 29º Recall de Marcas

Clique aqui e faça download do vídeo.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Recall de Marcas Recall de Marcas 2021 Recall 2021

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.