ASSINE

Escola capixaba oferece cursos no ES e em mais 11 Estados

Cedtec prepara mão de obra qualificada para o mercado de trabalho nacional, além de ter formação de nível médio profissionalizante

Tempo de leitura: 3min
Publicado em 23/06/2022 às 01h18
Cedtec; curso técnico; curso profissionalizante
Para atender à demanda recorrente do mercado, o Cedtec está há quase 20 anos dedicando-se à formação técnica profissionalizante. Crédito: Divulgação/Cedtec

Em um cenário de retomada das atividades econômicas, as empresas começam a planejar expansões e, com isso, a criar vagas de emprego paras as quais buscam mão de obra qualificada.

Para atender a essa demanda recorrente do mercado, o Cedtec está há quase 20 anos dedicando-se à formação técnica profissionalizante.

Criada no Espírito Santo, a instituição de ensino se expandiu por diversos municípios capixabas e até para além de suas divisas. São unidades em Aracruz, Vila Velha, Cariacica, Serra e Guarapari, e mais polos em outros 11 Estados, entre eles Bahia, Goiás, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo.

A atuação inicial do Cedtec tinha como foco ofertar cursos técnicos para capacitar os trabalhadores das empresas no Estado. Hoje em dia, a escola também dispõe de ensino médio e profissionalizante, de forma concomitante, e já alcançou a marca de mais de 35 mil alunos formados.

Braz Pertel

Diretor da Rede Cedtec

"Somos uma instituição que nasceu no Espírito Santo e temos evoluído naturalmente em número de alunos e no nosso portfólio"

Ele conta que o Cedtec começou apenas com o curso técnico em mecânica. “Hoje, temos mais de 21 cursos nessa área, sempre inovando e trazendo opções que acompanham o mercado, tanto que já somamos, entre cursos técnicos e de qualificação, mais de 300 opções para que alunos, profissionais e empresas encontrem o que precisam”, ressalta.

OPORTUNIDADES

Essa variedade no portfólio de cursos é um exemplo do compromisso do Cedtec em ampliar as oportunidades para aqueles que buscam uma formação técnica, na avaliação do diretor.

E esse é um trabalho que vem sendo reconhecido pelo público capixaba. Nesta 30ª edição do Recall de Marcas Rede Gazeta, a instituição conquistou o primeiro lugar na categoria “Curso Técnico Profissionalizante.”

Para o coordenador técnico do Cedtec, Marcelo de Andrade Bayer, um ponto forte da instituição é o enfoque dado às aulas práticas, tanto no presencial quanto no ensino a distância. “Não há nenhuma diferença de qualidade entre as modalidades de ensino”, assegura.

Opinião compartilhada pela diretora de ensino da instituição, Joana Darc Alpoim. “Um dos nossos diferenciais é o nosso sistema de ensino, que foi completamente desenvolvido pelo grupo Cedtec, oferecendo a mesma qualidade tanto para o aluno que está presencial quanto para quem opta pelo ensino a distância. Neste caso, temos uma carga horário presencial, especialmente para privilegiar a prática, feita na escola ou no polo do Cedtec, bastando agendar o dia e o horário”, conta.

COMPROMISSO

Bayer evidencia ainda que oferecer formação de qualidade é o compromisso da instituição. “A evolução constante da qualidade do ensino, da estrutura física das unidades, dos laboratórios e do material didático próprio, além do excelente quadro de professores, deram ao Cedtec o reconhecimento da comunidade acadêmica e técnica, tornando a escola uma referência em educação profissional”, destaca.

Joana Darc, por sua vez, avalia que uma das vantagens da vocação técnica do Cedtec é estar também preparado para as exigências do novo ensino médio.

O aluno pode optar em ter uma formação técnica, afirma a diretora, cursando à tarde e estudando as disciplinas teóricas pela manhã. Por outro lado, quem já tem o ensino médio não precisa passar novamente por essa formação para optar por um curso técnico.

Braz Pertel, diretor da Rede Cedtec
Braz Pertel ressalta a importância das ferramentas tecnológicas que, inclusive, favorecem o ensino a distância. Crédito: Divulgação/Cedtec

Já em relação ao ensino a distância, a instituição preza pelo aperfeiçoamento contínuo. Para tal, uma das ferramentas usadas é a plataforma Pincel Atômico, desenvolvida pela instituição, que permite mostrar a visão financeira, indicadores acadêmicos, de captação de matrículas e ainda oferecer tecnologia de fácil acesso aos alunos.

“É uma grande solução, porque não é muito simples encontrar um sistema totalmente integrado e que ainda funcione como uma plataforma de ensino a distância. Isso significa que instituições de ensino podem usá-lo como plataforma ou se tornarem polos do Cedtec”, finaliza o diretor Braz Pertel.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Qualificação Profissional Curso Técnico Curso Profissionalizante Recall de Marcas 2022

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.