ASSINE

Construtora mineira faz do Espírito Santo o seu lar, doce lar

Líder no segmento, MRV já entregou unidades habitacionais para 15 mil famílias no Estado, onde já lançou 50 empreendimentos

Tempo de leitura: 3min
Publicado em 23/06/2022 às 00h24
Projeto do Spazio Vila de Itaúnas, empreendimento MRV em Morada de Laranjeiras, na Serra
Projeto do Spazio Vila de Itaúnas, empreendimento MRV em Morada de Laranjeiras, na Serra. Crédito: Divulgação

A história começa em 1979, na cidade de Belo Horizonte, em Minas Gerais. O ano marca a fundação da MRV Engenharia, e o objetivo era contribuir para a diminuição do déficit habitacional por meio da oferta de imóveis de qualidade com um preço justo. Passadas mais de quatro décadas desde esse início, a ideia permanece, mas ficou pequena para o território mineiro.

Há 13 anos, esta história passou a ser escrita também no Espírito Santo. De lá pra cá, o desembarque da MRV no Estado já contribuiu para a construção do sonho da casa própria de cerca de 15 mil famílias capixabas. São 50 empreendimentos já lançados no território capixaba, edificados sob o propósito de “construir sonhos que transformam o mundo”.

Colocar o cliente capixaba no centro do negócio mostrou-se uma fórmula de sucesso para a MRV no Espírito Santo. O que valida esse caminho é o reconhecimento da empresa no Prêmio Recall de Marcas Rede Gazeta. A companhia conquistou o primeiro lugar na categoria “Construtora de Imóveis”. “Ser a marca mais lembrada pelo capixaba é a consagração de todo um trabalho do nosso time e reforça nosso compromisso de ter o foco no cliente”, afirma a gestora de vendas Edneia Teixeira.

Edneia Teixeira . gestora de vendas da MRV
Edneia Teixeira, gestora de vendas da MRV: cliente no centro do negócio . Crédito: Divulgação

A empresa, que chegou à liderança brasileira no mercado de construção civil no segmento de imóveis residenciais, atribui o reconhecimento do público a pilares como o oferecimento de soluções de moradias que se adequem ao momento de vida dos capixabas, a preocupação com a qualidade e as melhorias constantes de seus produtos e processos por meio de soluções inovadoras.

ZELO

Edneia aponta que hoje, a cada 60 capixabas na Grande Vitória, um vive em um MRV. Ela explica que os condomínios são estrategicamente construídos em localizações privilegiadas. Há ainda, complementa, o primor pelos detalhes dentro dos empreendimentos.

“Oferecemos aos clientes produtos com qualidade, que contribuam para a diminuição de gastos, que sejam sustentáveis e ofereçam lazer e qualidade de vida que atendam a toda a família. Nossos apartamentos têm acabamentos diferenciados que possibilitam ao nosso cliente mudar-se imediatamente ao receber as chaves”, diz a gestora.

Projeto MRV
Projeto MRV com área da piscina. Crédito: Divulgação

Mas a vontade da MRV em ser agente de transformação não fica somente dentro de suas construções e na relação com os clientes. “Vai além dos muros de nossos canteiros de obras”, afirma Edneia Teixeira.

Segundo ela, a construtora busca contribuir com a transformação da vizinhança de seus condomínios por meio de obras de melhorias na infraestrutura urbana. “Nos últimos quatro anos, a MRV investiu cerca de R$ 15 milhões para essas obras no Espírito Santo, o que beneficiou toda a população dos bairros onde estão localizados nossos residenciais”, observa.

Além disso, a empresa promove projetos sociais com foco na educação de qualidade, através do Instituto MRV, e ações voltadas para promover a sustentabilidade, como o incentivo e a democratização do uso de energia limpa.

BASE FORTE

Na pandemia, o trabalho da MRV não parou e, segundo a gestora, a formação de uma base de trabalho feita antes dos percalços e momentos de crise foi fundamental para garantir a manutenção do negócio. Ela afirma que o foco, desde os primeiros casos da Covid-19 no Brasil, foram e são os clientes e o bem-estar dos colaboradores.

A construtora fortaleceu os canais digitais, expandiu a plataforma de venda on-line e auxiliou os capixabas com a adoção de medidas como a isenção de fiador e descontos nos preços dos imóveis.

PRÓXIMOS PROJETOS

A empresa conta hoje com unidades prontas e em construção à venda em dez empreendimentos nas cidades de Vila Velha, Serra e Cariacica. Para os próximos meses, ainda em 2022, a MRV prepara o lançamento de dois novos empreendimentos no Espírito Santo. “São condomínios fechados que juntos somarão mais de 600 unidades”, salienta Edneia.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Recall de Marcas 2022

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.