ASSINE

Rede Construbom cresce em 2020 e planeja abrir novas lojas

Destaque no segmento de material de construção, empresa tem investido no treinamento das equipes para aprimorar atendimento ao público

Publicado em 15/12/2020 às 14h40
Rede Construbom oferece produtos da base ao acabamento de uma obra
Rede Construbom oferece variedade de produtos, da base ao acabamento para uma obra. Crédito: Construbom/Divulgação

Mesmo em um ano tão desafiador como 2020 se apresentou, há empresas que estão conseguindo se sair bem e mostram-se mais fortalecidas apesar da pandemia do novo coronavírus. É o caso da Construbom, a maior rede no segmento de materiais de construção do Espírito Santo. O grupo cresceu neste ano e planeja se consolidar como marca de valor em 2021. 

Fundada em Vitória e em formato de lojas associadas, a Rede Construbom está se expandindo para todo o Espírito Santo. Ao todo, são 50 unidades em território capixaba, distribuídas por Aracruz, Baixo Guandu, Cariacica, Domingos Martins, Fundão, Guarapari, Jaguaré, Marechal Floriano, Piúma, Santa Maria de Jetibá, Santa Teresa, São Gabriel da Palha, São Mateus, São Roque do Canaã, Serra, Venda Nova, Vila Velha e Vitória, e mais uma na cidade mineira de Aimorés. 

No total, 600 colaboradores estão empenhados em fornecer o melhor atendimento e serviço de entrega. Nas lojas, o consumidor encontra um mix completo de produtos de materiais para construção, da base ao acabamento para obras.

E toda essa estrutura de atendimento e produtos mostrou resultados em 2020, mesmo com as dificuldades impostas pela pandemia. A Rede Construbom apresentou um crescimento de 22% neste ano, em comparação com 2019.

TRABALHO DE EQUIPE

Para o presidente Hamilton Machado de Carvalho Júnior, os números são reflexo do trabalho realizado pela rede e seus associados. “Estamos colocando em prática a Universidade Construbom, para treinar todos os funcionários e oferecer para o público mão de obra mais qualificada. Padronizar melhor nossas lojas com o atendimento, e procurar junto aos fornecedores ter prioridade para que possamos estar sempre com mercadoria e logística mais rápida para entrega”, pontua.

A trajetória da rede teve início com um grupo que se juntou para se tornar a maior rede de lojas de material de construção do Espírito Santo, e essa associação, segundo Hamilton Júnior, tem inúmeros benefícios.

“São diversos fatores, como o treinamento de pessoal, aprimoramento de gestores, volume de compra, negociações melhores junto aos fornecedores. Tem também toda a estrutura de propaganda, encartes, projetos de marketing. Enquanto associação, conseguimos fazer tudo isso. Neste fim de ano, estamos sorteando um carro, fazendo algumas ações em função da força que a associação nos trouxe. Tudo isso com o custo baixo”, ressalta.

Para 2021, a empresa busca aprimorar ainda mais os serviços para fortalecimento da marca no mercado. “Pretendemos chegar a 55 lojas até o final do ano, pegando municípios com maior densidade populacional. Fechando esse número, vamos parar um pouco de expandir e concentrar mais em nosso trabalho interno”, conclui Hamilton Júnior. 

A Gazeta integra o

Saiba mais
Marcas de Valor

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.