ASSINE

Novas tecnologias impactam positivamente o estudo dos alunos

Ao traçar o perfil, o objetivo e as dificuldades de cada estudante, a startup Gama Ensino foca nas prioridades de forma individualizada

Publicado em 07/08/2020 às 15h53
Atualizado em 10/08/2020 às 11h20
Os professores Daniela Dan (à dir.), Júlio Arvellos (à esq.) e a Francine Cipriani (no meio) comemoram a aprovação no vestibular dos alunos Alice Baumgarten e Arthur Jacintho
Os professores Daniela Dan (à esquerda), Júlio Arvellos (à direita) e a Fraciane Cipriani (no meio) comemoram a aprovação no vestibular dos alunos Alice Baumgarten e Arthur Jacintho. Crédito: Gama Ensino/Divulgação

No dia a dia de estudo, a tecnologia é uma importante aliada dos alunos ao dinamizar o processo de aprendizagem. As novas mídias e softwares contribuem diretamente para o desenvolvimento cognitivo dos estudantes. Para garantir um futuro promissor, é preciso ainda contar com um direcionamento personalizado para selecionar metas e identificar as próprias dificuldades, além de apostar no equilíbrio de uma rotina saudável e estudo de forma progressiva.

Ao ajudar no processo de estudo dos vestibulandos, a startup capixaba Gama Ensino, por exemplo, usa a ciência de dados para medir as dificuldades individuais. Dessa forma, ela consegue direcionar cada aluno de forma assertiva, ao analisar cautelosamente os conteúdos cobrados nos exames e as lacunas cognitivas a serem solucionadas. Atualmente, a empresa aposta na tecnologia de adaptive learning (ensino adaptativo), que conta com um mapeamento da vida estudantil, a ser aplicada em outros segmentos da educação, incluindo a básica, a modalidade de Ensino a Distância (EAD) e na preparação para concursos.

Nilton Sagrilo

Fundador e CEO da Gama Ensino

"Para que os estudantes aprendam de forma personalizada, também contamos com o uso dos algoritmos e apostamos em mudanças no modelo escolar. Assim, conseguimos direcioná-los conforme as dificuldades que apresentam, as particularidades dos vestibulares, considerando ainda o ritmo individual de aprendizagem nas matéria."

De acordo com ele, o método Gama foca somente no que é necessário para conquistar a aprovação nas provas. "Eliminamos o excesso de conteúdo que existe no modelo tradicional de ensino, que dificulta o processo de aprendizado. O aluno não perde tempo estudando as matérias que domina. E, com isso, ele tem mais tempo para aprender os conteúdos que possui mais dificuldade", aponta Nilton Sagrilo.

Time da Gama Ensino: instituição aprovou 50% dos alunos em medicina
Time da Gama Ensino: instituição aprovou 50% dos alunos em medicina. Crédito: Gama Ensino/Divulgação

Resultados

Uma das histórias que marcou a trajetória da Gama Ensino é a do ex-aluno Matheus Canejo, 24 anos, aprovado em primeiro lugar em medicina no vestibular do Centro Universitário do Espírito Santo (UNESC), no segundo semestre de 2019. "Ele cursava o 8º período de Engenharia Mecânica e se preparou com o nosso time em apenas quatro meses. É muito gratificante participarmos das realizações dos estudantes que conseguem ingressar na universidade", ressalta o executivo.

Dados da empresa revelam que nos anos de 2018 e 2019 a Gama conquistou a aprovação de 50% dos alunos em vestibulares de medicina. "É uma média sete vezes maior do que a de cursinhos tradicionais. Em outros cursos, mais de 70% dos nossos alunos alcançaram a aprovação", garante Nilton.

A startup capixaba foi selecionada neste ano pela SMU, uma das maiores plataformas de crowdfunding do Brasil, para uma rodada de captação de investimentos. Fundada há três anos, a Gama Ensino possui um grupo de sete professores, que se dedicam separadamente a cada área de conhecimento. A equipe trabalha em três modelos de negócio, sendo que dois estão em operação e um deles em processo de desenvolvimento.

"O nosso objetivo é sermos referência no setor da educação capixaba e nacional. O nosso trabalho com vestibulandos foi apenas o nosso ponto de partida. Agora, vamos escalar essa tecnologia que já foi validada para outras áreas da educação", acrescenta o CEO.

Estudos Online

Com o cancelamento das aulas presenciais da Edtech (startup da área de educação) por conta da pandemia, o método da Gama Ensino proporcionou mais autonomia para os estudantes, com a otimização dos estudos de forma online. Segundo a empresa, o modelo de estudo virtual deve crescer nos próximos anos.

"Tivemos uma boa adaptação neste período, mantendo o engajamento e a qualidade de ensino. Até agora não tivemos nenhum cancelamento e matriculamos os novos estudantes que vieram de outros cursinhos. Obtivemos sucesso com lançamento do modelo online", finaliza Nilton Sagrilo.

Ex-aluno da Gama Ensino, Matheus Canejo, de 24 anos, foi aprovado em primeiro lugar em medicina no vestibular do Centro Universitário do Espírito Santo (Unesc)
Ex-aluno da Gama Ensino, Matheus Canejo, de 24 anos, foi aprovado em primeiro lugar em medicina no vestibular do Centro Universitário do Espírito Santo (Unesc). Crédito: Gama Ensino/Divulgação

10 curiosidades da Gama Ensino

  1. 01

    Aprendizagem personalizada

    Com turmas de pré-vestibular presencial, a startup capixaba desenvolve um calendário letivo cíclico e adaptativo que permite personalizar o aprendizado de cada aluno mesmo em turmas.

  2. 02

    Necessidade individual

    O foco da startup é hackear o processo de aprendizado humano para fornecer caminhos de aprendizagem diferentes, de acordo com as necessidades de cada aluno.

  3. 03

    Calendário ajustável

    Na instituição, o calendário letivo é ajustável e as turmas são reorganizadas conforme o progresso de cada estudante.

  4. 04

    Prioridades

    O modelo Gama foca nas prioridades de cada aluno de forma individualizada.

  5. 05

    Organização do tempo

    Tudo isso permite que os alunos não percam tempo estudando conteúdos que já dominam e tenham mais tempo nos assuntos que possuem mais dificuldades.

  6. 06

    Planos de estudos

    A empresa oferece um sistema de preparação online, que gera uma trilha de aprendizado individual por meio de planos de estudos personalizados.

  7. 07

    Mapeamento

    As análises estatísticas dos vestibulares e os mapeamentos cognitivos dos alunos dentro de cada área do conhecimento fazem parte do processo.

  8. 08

    Tecnologia

    A Gama trabalha ativamente em uma tecnologia que permite o direcionamento do aluno de forma personalizada, dentro do seu material escolar físico.

  9. 09

    Trabalho integrado

    A integração do material didático com o digital ajudará diretamente no processo de adaptação de escolas.

  10. 10

    Expansão do negócio

    Durante a pandemia, a empresa antecipou o lançamento de um produto online, dobrando o faturamento mensal corporativo. Com a demanda e a oportunidade de mercado, a empresa expandirá a operação.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.