Trump concede perdão a Bannon e outros aliados poucas horas antes de deixar Presidência

Ao todo, 143 pessoas receberam indultos do presidente. Trump não incluiu no pacote de perdoados seu advogado, Rudy Giuliani, nem concedeu perdão a seus familiares ou a si mesmo

Publicado em 20/01/2021 às 10h01
Atualizado em 20/01/2021 às 10h01
Former White House Chief Strategist Steve Bannon exits the Manhattan Federal Court, following his arraignment hearing for conspiracy to commit wire fraud and conspiracy to commit money laundering, in the Manhattan borough of New York City, New York, U.S. August 20, 2020. REUTERS/Andrew Kelly/File Photo ORG XMIT: FW1
Steve Bannon, ex-assessor de Trump, acusado de fraude. Crédito: Reuters/Folhapress

A horas de deixar a Presidência dos Estados Unidos, Donald Trump concedeu perdão, na madrugada desta quarta-feira (20), ao seu ex-assessor Steve Bannon, além de outros aliados.

Também foi beneficiado pelo perdão presidencial Elliott Broidy, doador da campanha do republicano que confessou ter conspirado para violar leis estrangeiras de lobby político.

Ao todo, 143 pessoas receberam indultos do presidente.

Diferentemente do que vinha sendo especulado, contudo, Trump não incluiu no pacote de perdoados seu advogado, Rudy Giuliani, nem concedeu perdão a seus familiares ou a si mesmo.

CAMPANHA VIRTUAL DE DOAÇÕES

Bannon é acusado de participar de uma fraude numa campanha virtual de doações relacionada à construção de um muro na fronteira entre EUA e México, uma promessa de Trump. Ele chegou a ser preso em agosto, mas foi liberado em seguida, após pagar fiança de US$ 5 milhões (R$ 26,8 milhões).

Como ainda não foi condenado, na prática o indulto o livra das acusações.

Segundo o jornal The New York Times, assessores passaram o dia tentando demover Trump da ideia de conceder perdão a Bannon, fundador do site Breitbart, um dos principais veículos da chamada "alt-right" (direita alternativa, que reúne personalidades de extrema direita e grupos supremacistas brancos).

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.