Julgamento de impeachment no Senado pode começar no dia da posse de Biden

O cronograma do processo é definido pelos procedimentos do Senado e começarão assim que a Câmara entregar o artigo de impeachment.

Publicado em 14/01/2021 às 16h09
Atualizado em 14/01/2021 às 16h09
Os estadunidenses vão às urnas nesta terça-feira (3) para eleger seu presidente: o republicano e atual mandatário Donald Trump ou o democrata Joe Biden.
Os estadunidenses vão às urnas nesta terça-feira (3). Crédito: Montagem: A Gazeta

O julgamento de impeachment do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, poderia começar no dia da posse de Joe Biden na presidência do país. O cronograma do processo é definido pelos procedimentos do Senado e começarão assim que a Câmara entregar o artigo de impeachment. Com isso, o julgamento pode começar às 13 horas do dia 20 de janeiro, uma hora após a posse Biden.

Na quarta-feira (13), Trump se tornou o primeiro presidente da história a sofrer impeachment duas vezes na Câmara dos Representantes, desta vez por conta de seu envolvimento nos protestos que levaram à invasão do Congresso na semana passada, em meio à sessão de certificação da vitória de Biden nas eleições.

A presidente da Câmara, Nancy Pelosi, não disse quando dará o próximo passo para transmitir ao Senado o artigo do impeachment, uma única acusação de incitamento à insurreição.

Alguns democratas importantes propuseram reter o artigo para dar a Biden e ao Congresso tempo para se concentrarem nas prioridades de seu novo governo.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.