> >
Homem tem surto durante voo na Rússia e agride passageiros em avião

Homem tem surto durante voo na Rússia e agride passageiros em avião

O homem de 47 anos, ainda não identificado, teria assediado mulheres e agredido passageiros, incluindo uma criança e um bebê

Publicado em 1 de março de 2018 às 18:24

Ícone - Tempo de Leitura 0min de leitura
Passageiros tentam conter homem que agredia pessoas dentro de avião. (Reprodução)

Passageiros de um voo doméstico na Rússia precisaram conter um homem que aparentemente surtou dentro de um avião da companhia aérea Siberia Airlines que ia de São Petersburgo para a cidade de Novosibirsk. O homem de 47 anos, ainda não identificado, teria assediado mulheres e agredido passageiros, incluindo uma criança e um bebê.

Segundo relatos, tudo começou quando o agressor saiu de seu assento e começou a andar pelo corredor do avião insultando passageiros e sentando-se próximo a mulheres para assediá-las. Em determinado momento, de acordo com informações divulgadas pelo site britânico "Daily Mail", o homem teria tentado se despir. Depois que membros da tripulação tentaram acalmá-lo, as agressões físicas começaram.

O passageiro Stanislav Semenov testemunhou o caso e contou que, depois de agredir várias pessoas no avião, o homem foi para cima de uma menina que estava com a mãe e tentou estrangular a criança. Ele ainda teria xingado a bebê no colo de um dos passageiros e tentado nova agressão, mas foi impedido.

Depois de muita confusão, passageiros e tripulantes conseguiram amarrar o homem a um dos assentos para evitar possíveis ataques. Não houve feridos.

Policiais armados subiram a bordo assim que o voo aterrisou para prender o agressor. Mesmo dentro de uma cela do Aeroporto Internacional Tolmachevo, em Novosibirsk, o homem continuou a provocar problemas, batendo constantemente com as mãos nas grades e, mais uma vez, ficando sem camisa, precisando ser contido pelos oficiais.

Este vídeo pode te interessar

A porta-voz do Ministério do Interior da Russo, Irina Volk, descartou a possibilidade da tentativa de um ataque terrorista.

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rapido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta

A Gazeta integra o

The Trust Project
Saiba mais