ASSINE

Dá para comprar um carro automático com R$ 40 mil?

O mercado de modelos usados possui diversas opções para quem deseja investir esse valor

Publicado em 27/04/2020 às 12h44
Atualizado em 27/04/2020 às 12h52

A comodidade costuma entrar na lista de prioridades das pessoas que querem comprar um carro. Na hora de encarar o trânsito pesado na cidade, os modelos automáticos propiciam conforto, interferindo diretamente na qualidade de vida dos motoristas no dia a dia. Para facilitar o processo de pesquisa de quem procura opções na faixa de R$ 40 mil, selecionamos alguns modelos de carros usados com base nos preços da Tabela Fipe.

Atualmente, a versão LTZ 2015 de um Chevrolet Onix sai por R$ 37.790, integrando câmbio automático de 6 marchas, que permite trocas manuais. Com o conhecido motor 1.4 de 8 válvulas, atinge 106 cv e 98 cv, se abastecido com álcool e gasolina, respectivamente, e torque de 13,9 kgfm. Por R$ 41.545, a montadora norte-americana possui ainda o Chevrolet Spin LTZ 2014 automático, com o propulsor 1.8 Econo.Flex, que rende 108 cv e 17,1 kgfm de torque com álcool e 106 cv e 16,4 kgfm com gasolina. O modelo de sete bancos tem 23 configurações e espaço para levar de 162 a 952 litros no porta-malas.

Citroën C4 Lounge 2014 com câmbio automático
Citroën C4 Lounge 2014 com câmbio automático. Crédito: Citroën/divulgação

Outra opção é a versão intermediária LX do Honda Fit 2014, que tem o preço de R$ 39.049. O modelo integra o motor 1.4 de 16 válvulas, que alcança 100 cv (gasolina) e 101 cv (álcool) e 13 kgfm de torque a 4.800 rpm. Já o Honda City EX 2013 sai por R$ 40.168 e leva o propulsor 1.5 com 16 válvulas. Alcança 115 cv de potência se abastecido com gasolina e 116 cv com álcool a 6.000 rpm. O torque é de 14,8 kgfm a 4.800 rpm.

Com o montante de R$ 37.349, dá para adquirir um Honda Civic LXL mais antigo, ano 2011, que tem transmissão automática de cinco marchas. O propulsor 1.8 com 16 válvulas chega a 140 cavalos de potência quando abastecido com álcool. Na linha dos automatizados, o Fiat Idea Adventure 2015 tem o valor de R$ 38.336 e integra o motor 1.8 de 16 válvulas, rendendo 132 cv com etanol e 130 cv com gasolina.

O Toyota Etios, na versão X 2017, tem o custo de R$ 35.049. Entrega 98 cv com etanol e 88 cv com gasolina, com o motor 1.3 flex e câmbio de 4 marchas. O torque é de 12,8 kgfm e 12,3 kgfm, respectivamente. Da mesma fabricante japonesa, a versão XEI do Corolla 2009 possui o valor atualizado de R$ 35.758, de acordo com a Tabela Fipe. O carro conta com um motor 1.8 com 16 válvulas e câmbio com 4 marchas, rendendo 136 cv se abastecido com gasolina e torque de 17,5 kgfm.

Por R$ 38.723, o Citroën C3 Tendance 2016 tem transmissão automática de quatro velocidades. Com o propulsor 1.6 de 16 válvulas, rende 122 cv e 115 cv no etanol e na gasolina. A mesma fabricante francesa tem o C4 Lounge 2014 com câmbio automático, saindo atualmente por R$ 41.514. Conta com o motor 1.6 de 16 válvulas, que atinge a potência de 165 cv na gasolina e torque de 24,47 kgfm.

DEPRECIAÇÃO

Para ajudar o público interessado em comprar um carro automático, a KBB Brasil, especialista em preços de carros, selecionou versões desses modelos com maiores e menores depreciações, englobando opções de segmentos e faixas de preço variados acima de R$ 40 mil, no período de maio de 2018 ao mesmo mês de 2019. Na análise de automóveis menos depreciados, o Subaru Forester XT turbo 2.0 16V ganha destaque pela valorização de 3,19%. Em seguida, o Honda CR-V Touring 1.5 turbo flex soma 0,12% de seu valor inicial ao longo do primeiro ano de uso.

Os demais modelos do ranking tiveram taxas de depreciação inferiores à 4%, sendo 60% dele composto por SUVs. De acordo com o estudo, a versão menos depreciada foi a Audi TT Conversível Ambition 2.0 TFS9 Stroni, que conta com uma perda de 0,36% em seu valor. Em quarta e quinta posição na lista, as inglesas Land Rover Range Rover Sport HSE Dynamic 4.4 V8 e Range Rover Sport HSE Dynamic 3.0 SDV6 perderam 0,75% e 1,06%, respectivamente.

A Gazeta integra o

Saiba mais
carros veículos Honda Toyota Câmbio

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.