ASSINE

Casas pré-fabricadas ficam prontas em poucos dias

Tecnologias construtivas garantem imóvel pronto de 30 a 90 dias. Contêiner, steel frame, wood frame e drywall estão na lista de opções

Publicado em 04/11/2019 às 11h55
As casas contêiner podem ter acabamento de altíssimo padrão. Crédito: Duda Porto/Divulgação
As casas contêiner podem ter acabamento de altíssimo padrão. Crédito: Duda Porto/Divulgação

Para quem tem pouco tempo para construir uma casa e quer fugir da tradicional alvenaria, a boa notícia é que o mercado oferece algumas alternativas atraentes. Dependendo da metragem quadrada, os projetos podem levar de 30 a 90 dias para serem concluídos. Especialistas apontam que as opções de madeira, drywall e contêiner são as mais procuradas pelo público. Em relação à rapidez da finalização das construções, o sistema de contêiner possui maior destaque. E a melhor parte: pode ser usado até mesmo em construções de alto padrão.

Entre as diversas vantagens da construção pré-fabricada, para o arquiteto Duda Porto, a descomplicação da obra é a principal delas. Ao desenvolver o sistema modular Lite com o método de steel frame (que usa aço galvanizado como principal elemento estrutural), o arquiteto constatou que, mesmo sendo mais caro do que uma construção de alvenaria, agrega características favoráveis, como a exclusão da pintura. “Como as peças são transportadas para o terreno pré-prontas, elas agilizam a obra e diminuem os processos, eliminando imprevistos que poderiam ocorrer nessas etapas.” Segundo ele, as alternativas wood frame (que usa madeira) e steel frame são as mais ágeis, pois dispensam o concreto.

Contêineres

Com o propósito de garantir sofisticação e conforto, é possível montar uma casa contêiner, incluindo os espaços de sala, quartos, cozinha, banheiros e outros cômodos, conforme a preferência dos moradores. Na empresa Locares Casa Container, o ajuste da climatização e da iluminação está incluso no processo, que também abrange a escolha dos pisos, revestimentos, papéis de parede, porcelanatos com efeito 3D, cortinas, almofadas, quadros, entre outros itens.

As residências menores são as mais procuradas pelo público, que possuem um ou dois contêineres. O preço da metragem quadrada varia entre R$ 1.500 e R$ 2.500. “O custo e o prazo de execução são as principais vantagens do serviço. O cliente não tem trabalho para administrar a obra, pois ele a recebe pronta”, destaca o diretor da empresa, Pedro Paulo Sette Júnior.

Em relação à rapidez da finalização das construções, o sistema de contêiner possui maior destaque. . Crédito: Duda Porto/Divulgação
Em relação à rapidez da finalização das construções, o sistema de contêiner possui maior destaque. . Crédito: Duda Porto/Divulgação

Rapidez

As seleções de madeira e de drywall possuem maior agilidade na execução e facilidade de montagem, indica a engenheira civil Flávia Tramonte, diretora da Construtora Tramonte. “O stell frame é outro sistema bastante utilizado, que assegura rapidez construtiva e uma obra seca. Vale lembrar que as chapas de gesso do sistema drywall só podem ser usadas na parte interna da residência.”

Sobre as possibilidades de casas pré-fabricadas, a profissional destaca como funciona o processo com madeiras de 35 mm que evita contratempos, tratadas com o recurso de autoclave. “Esse sistema é importantíssimo, pois trata-se de um tratamento da madeira com inseticidas e fungicidas, que protegem o material contra cupim, apodrecimento e outros agentes biológicos de deterioração.”

Ao apostar nas casas pré-fabricas, é importante ter no radar que alguns problemas podem vir à tona. “A manutenção deve ser feita em um tempo menor, a cada dois anos. No sistema de madeira, por exemplo, é fundamental realizar a aplicação de verniz na parte externa, pois o material está exposto constantemente ao sol e à chuva. No sistema tradicional de alvenaria, a manutenção pode ser feita em um período de cinco a dez anos”, acrescenta Flávia Tramonte.

A Gazeta integra o

Saiba mais
imóveis tecnologia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.