ASSINE

Vasco bate o Galo e fatura a Supercopa do Brasil Sub-20 no Kleber Andrade

Após empate em 2 a 2 no tempo normal, o Cruz-Maltino superou o Atlético-MG por 7 a 6 na disputa de pênaltis

O Vasco foi soberano no primeiro tempo ao marcar dois gols em três minutos
Luis Eduardo marcou o gol que iniciou a reação do Atlético-MG na partida. Crédito: Daniel Pasti

 No dia em que o elenco principal do Vasco praticamente selou seu rebaixamento no Brasileirão, a torcida cruz-maltina ganhou um motivo para comemorar. O sub-20 da Colina bateu o Atlético-MG, nos pênaltis por 7 a 6, após empate em 2 a 2 no tempo normal, e conquistou a Supercopa da categoria. O jogo foi realizado no Estádio Kleber Andrade, em Cariacica na noite deste domingo (21)

No primeiro tempo, Vinícius e MT marcaram e colocaram o time carioca na frente. Luís Eduardo e Pedro Henrique empataram para os mineiros na etapa final. Na disputa de pênaltis, brilhou a estrela do goleiro Cadu que defendeu a sétima cobrança do Galo e garantiu a taça para o Vasco.

A final foi uma disputa entre os últimos campeões nacionais da categoria. O Vasco da Copa do Brasil e o Atlético do Brasileiro. Com o triunfo na Supercopa do Brasil Sub-20, o Vasco terá o direito de representar o pais na Copa Libertadores 2021 da categoria.

O JOGO

O primeiro tempo começou movimentado com muitas faltas. Logo, o Atlético assumiu o controle da decisão. Quando os mineiros criavam as melhores chances, o time da Colina abriu o marcador, aos 36 minutos. Vínicius recebeu na ponta esquerda, limpou Talison com uma linda caneta e finalizou cruzado, na lateral da rede, sem chances para o goleiro do Galo. Em vantagem na final, os cariocas não se acomodaram e ampliaram o placar quatro minutos depois. A bola cruzada pela direita foi mal afastada pela defesa mineira e sobrou para MT empurrar para as redes e aumentar a vantagem. 2 a 0 Vasco.

Precisando reverter a desvantagem, o Galinho voltou com alterações para a segunda etapa. E foi dos pés de um substituto que saiu o primeiro do time mineiro. Luís Eduardo recebeu na entrada da área e finalizou com a canhota, no ângulo de Cadu, que não teve chance alguma de defesa. Golaço do Atlético. O gol animou os garotos do time mineiro, que foram para cima em busca do empate. A situação do Vasco ficou ainda mais dramática quando o capixaba Arthur, que havia entrado na etapa final, foi expulso.

Com um a menos, só restou aos cariocas tentar segurar o resultado, mas a pressão do Atlético surtiu efeito. Outro atleta que saiu do banco fez o gol de empate.  Após cobrança de falta, o goleiro do Vasco saiu mal do gol, a bola ficou viva e Pedro Henrique aproveitou a chance para empurrar para as redes e levar a decisão para os pênaltis.

Nas penalidades, melhor para o Vasco que venceu por 7 a 6.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Estádio Kleber Andrade Futebol Clube vasco da gama

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.