ASSINE

Grafiteiro capixaba faz sucesso ao pintar favela nas cores do Vasco

Handerson Chic presenteou o clube com o quadro, que ganhou um lugar especial em São Januário

Publicado em 26/09/2019 às 12h37
Atualizado em 26/09/2019 às 15h59

Todo artista sonha em fazer sucesso com sua arte. Expressar seus sentimentos, suas ideias e ser reconhecido por isso. Agora imagina conseguir esse reconhecimento ao pintar um quadro referente ao seu clube de coração. Foi justamente o que aconteceu com o grafiteiro capixaba Handerson Chic, que pintou uma tela representando uma favela com as cores do Vasco e viu a peça ganhar um espaço especial em São Januário.  

Handerson Chic pintou uma tela representando uma favela nas cores do Vasco. Crédito: Acervo Pessoal
Handerson Chic pintou uma tela representando uma favela nas cores do Vasco. Crédito: Acervo Pessoal

Morador do bairro Tabuazeiro, em Vitória, Handerson tem 29 anos e trabalha com grafite desde 2008. A ideia de presentear o Vasco surgiu quando ele soube que teria um compromisso de trabalho em uma favela no Rio de Janeiro. Pintou a tela ainda em Vitória e na viagem, antes de ir ao compromisso profissional, foi a São Januário, onde foi recebido de braços abertos.  

"Várias pessoas viram a tela antes e perguntaram se estava à venda. Sempre respondi que gostaria de tentar presentear o clube. Fui muito bem recebido em São Januário e eles gostaram muito do quadro. A tela ganhou um espaço na sala da presidência do Vasco", declarou o artista que não escondeu a emoção ao ter seu trabalho reconhecido pelo time do coração.   

A tela do artista capixaba Handerson Chic ganhou um espaço especial na sala da presidência do Vasco. Crédito: Acervo Pessoal
A tela do artista capixaba Handerson Chic ganhou um espaço especial na sala da presidência do Vasco. Crédito: Acervo Pessoal

"Quase chorei. Me emocionei. Sou muito torcedor do Vasco. Foi um momento especial. Sempre vi obras de alguns artistas no memorial do Vasco, em São Januário. Quando soube que gostaram do quadro e ele iria ganhar um espaço no clube eu quase infartei", brincou orgulhoso o torcedor vascaíno.  

Em gratidão ao presente, a diretoria do Vasco convidou o artista para retornar no mês de outubro para vivenciar um dia no clube, assistir a uma partida do Campeonato Brasileiro e talvez reproduzir a arte da tela em algum espaço em São Januário ou no novo centro de treinamento.

A Gazeta integra o

Saiba mais
futebol

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.