ASSINE

Flamengo goleia o Madureira e recupera liderança da Taça Guanabara

Gabigol marca dois, chega ao 73° gol e se torna o maior artilheiro do Rubro-Negro no século

Publicado em 05/04/2021 às 23h16
Atualizado em 05/04/2021 às 23h16
Gabigol
Gabigol deixou sua marca duas vezes na goleada sobre o Madureira. Crédito: Alexandre Vidal / Flamengo

Bastou um primeiro tempo em ritmo avassalador para o Flamengo acabar com a invencibilidade do Madureira no Campeonato Carioca. Com grande volume de jogo e bela atuação coletiva, o Rubro-Negro goleou por 5 a 1 e reassumiu a liderança da Taça Guanabara. Gabigol (2), Gerson, Diego e Arrascaeta marcaram para a equipe comandada por Rogério Ceni, enquanto Luiz Paulo descontou para o Tricolor Suburbano. 

Este foi o último teste do Flamengo antes da primeira decisão da temporada. No próximo domingo, às 11h (de Brasília), a equipe rubro-negra volta a campo para enfrentar o Palmeiras, pela Supercopa do Brasil. A partida será disputada no Mané Garrincha, em Brasília.

O JOGO

Assim como na última partida contra o Bangu, o Flamengo impôs um grande volume de jogo desde o início da partida. O Madureira até arriscou uma pressão na saída de bola, mas as linhas foram facilmente batidas e a equipe rubro-negra encontrou os espaços para construir oportunidades de gol.

Na primeira grande jogada, logo aos sete minutos de jogo, Gerson tabelou com Arrascaeta e serviu Gabigol na pequena área. O camisa 9 chegou a balançar as redes, mas o gol foi anulado após o assistente marcar um impedimento inexistente de Gerson na jogada. Em seguida, o Flamengo voltou a levar perigo com duas bolas seguidas na trave: primeiro em uma cabeçada de Bruno Henrique e depois com um chute desviado de Diego. 

Com todo esse volume, não demorou muito para o Flamengo enfim tirar o zero do marcador e construir a vitória com naturalidade. Aos 15', Bruno Henrique foi derrubado por Breno dentro da área, e Gabigol cobrou com categoria para marcar o seu 72º gol com a camisa rubro-negra.

Pouco depois, aos 28', saiu o gol histórico: Gabigol aproveitou o rebote após cabeceio de Rodrigo Caio e balançou as redes pela 73ª vez pelo Flamengo. Assim, ele se igualou a Renato Abreu e se tornou o maior goleador do clube no século XXI. 

Não foi só Gabigol quem balançou as redes do Madureira. Antes do camisa 9 marcar o segundo gol dele, o Flamengo já vencia por 2 a 0: aos 21', Gerson recebeu passe de Filipe Luís, dominou livre na área e finalizou cruzado para bater Felipe Lacerda. No fim do primeiro tempo, aos 43', foi a vez de Diego receber assistência de Isla e finalizar de primeira para marcar o quarto gol do Flamengo.

SEGUNDO TEMPO

Na volta do intervalo, o Flamengo manteve o mesmo ritmo no ataque, mas foi o Madureira quem marcou primeiro. Em cobrança de escanteio aos 12 minutos, a marcação por zona do Rubro-Negro não funcionou, e Luiz Paulo cabeceou livre na pequena área para diminuir o placar.

Qualquer indício de reação, no entanto, parou por aí. Aos 19', Gerson achou Arrascaeta aberto pela esquerda, o uruguaio cortou o marcador e teve liberdade para marcar o quinto gol rubro-negro. Em seguida, o Flamengo diminuiu o ritmo, e Rogério Ceni aproveitou para rodar a equipe com as cinco substituições disponíveis.

Futebol flamengo flamengo

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.