ASSINE

Com o Vitória, Copa Verde 2019 é confirmada para depois da Copa América

A competição, com previsão para começar no mês de agosto, deve ter a mesma fórmula dos anos anteriores

Publicado em 03/05/2019 às 14h51

Competição regional que reúne equipes do Amazonas, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Acre, Amapá, Espírito Santo, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, a Copa Verde teve a sua edição 2019 confirmada nesta sexta-feira pelo secretário-geral da CBF, Walter Feldman.

Campeão da Copa Espírito Santo 2018, o Vitória é o representante capixaba na Copa Verde 2019  . Crédito: Daniel Pasti/Vitória
Campeão da Copa Espírito Santo 2018, o Vitória é o representante capixaba na Copa Verde 2019 . Crédito: Daniel Pasti/Vitória

De acordo com o dirigente, o campeonato vai começar em agosto, logo após a Copa América, que acontece entre os dias 14 de junho e 7 de julho, no Brasil. Feldman confirmou também que o "martelo foi batido" numa reunião com o presidente da CBF, Rogério Caboclo, que aconteceu na noite desta quinta-feira.

- Estamos trabalhando nessa questão há pelo menos quatro meses, porque tivemos o contrato finalizado com a emissora que transmitia a competição, e nós tínhamos o patrocínio da Caixa Econômica. Nós perdemos isso tudo, então 2019 foi o ano da transição. Trabalhamos o 1º semestre inteiro até agora pra poder encontrar um caminho e finalmente ontem à noite o presidente Rogério Caboclo determinou a assinatura de um contrato com uma empresa que vai bancar a logística, que eu diria que é o "coração" da Copa Verde. Diferente dos anos anteriores, a competição vai acontecer no 2º semestre, em agosto, logo depois da Copa América - afirmou.

A Copa Verde 2019 vale vaga na fase de oitavas de final da Copa do Brasil 2020, que dará ao campeão da competição regional um aporte financeiro de 2 milhões e 500 mil reais, como cota de participação no certame nacional.

Walter Feldman, secretário-geral da CBF. Crédito: Richard Pinheiro/GloboEsporte.com
Walter Feldman, secretário-geral da CBF. Crédito: Richard Pinheiro/GloboEsporte.com

- Poderemos eventualmente no processo ter outros patrocinadores, e inclusive haver a possibilidade de encaminhar algum recurso pros clubes participantes, mas pelo menos a logística já está praticamente assegurada, em fase de assinatura de contrato. O Coronel Nunes, ex-presidente da CBF, é o maior estimulador, ele que é do Pará e todos os dias ele cobrava da área técnica uma solução e finalmente agora ela aconteceu. A Copa Verde pra nós é prioridade.

A competição, que tem característica de mata-mata, deve ter a mesma fórmula de disputa neste ano. O atual campeão da Copa Verde é o Paysandu, que derrotou o Atlético de Itapemirim, na final do ano passado. Com o título, o Papão acabou de ser sorteado para encarar o Internacional, nas oitavas de final da Copa do Brasil.

- Provavelmente será a mesma, mas ontem mesmo o presidente Rogério Caboclo requisitou a presença do Manoel Flores, que é o diretor de competições pra que imediatamente ele comece a programar tendo em vista que será em outro período do ano, então nós vamos ter que fazer adaptações.

Clubes classificados para a Copa verde 2019

Rio Branco-AC

Atlético-AC

Ypiranga-AP

Santos-AP

Manaus

Fast

Sobradinho

Brasiliense

Vitória

Cuiabá

Luverdense

Operário-MS

Corumbaense

Remo

Paysandu

Real Ariquemes

São Raimundo

Palmas

A Gazeta integra o

Saiba mais
futebol vitória

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.