ASSINE

Atlético-MG supera gol contra bizarro, vira e vence o Cuiabá no Campeonato Brasileiro

Na tarde deste domingo (24), o time mineiro venceu o Cuiabá de virada por 2 a 1 e chega aos 59 pontos, 11 de vantagem para o Fortaleza, segundo colocado, e 13 de distância do Flamengo, o terceiro na tabela

Publicado em 24/10/2021 às 19h21

Cada vez mais líder, o Atlético-MG venceu mais uma e aumenta a expectativa de seu torcedor no que diz respeito à quebra do jejum de 50 anos sem título do Campeonato Brasileiro. Na tarde deste domingo (24), o time mineiro venceu o Cuiabá de virada por 2 a 1 e chega aos 59 pontos, 11 de vantagem para o Fortaleza, segundo colocado, e 13 de distância do Flamengo, o terceiro na tabela (que tem três jogos a menos).

Hulk jogador do Cuiabá comemora seu gol durante partida contra o Atlético-MG no estádio Mineirão pelo campeonato Brasileiro A 2021
Hulk jogador do Cuiabá comemora seu gol durante partida contra o Atlético-MG no estádio Mineirão pelo campeonato Brasileiro A 2021. Crédito: ALESSANDRA TORRES/AGIF - AGÊNCIA DE FOTOGRAFIA/ESTADÃO CONTEÚDO

A partida começou com um lance estranho que gerou o gol do Cuiabá. O zagueiro atleticano Nathan Silva deu um passe ruim para Everson, que mesmo se esticando todo, não conseguiu impedir o gol contra. A sorte do defensor é que o ataque atleticano funcionou e o time fez o vira-vira.

A próxima partida do Atlético-MG será contra o Flamengo. O duelo é muito esperado e pode colocar o time atleticano ainda em melhores condições na classificação no caso de nova vitória. O jogo será no sábado (30), às 19h, no Maracanã.

Logo no primeiro minuto de jogo o zagueiro Nathan Silva tentou o recuo para Everson, mas o passe foi esticado demais. O goleiro atleticano se esforçou ao máximo para pegar a bola, mas não alcançou. Gol contra do Galo em lance bizarro.

Mesmo com o placar adverso o Atlético-MG partiu para cima do Cuiabá. Dois minutos após sofrer o gol, o time mineiro emplacou um ataque rápido e chegou ao empate com Hulk, artilheiro atleticano no ano com 25 gols. O lance teve uma tentativa de anulação por parte do auxiliar, que levantou a bandeira e acusou impedimento. Porém, a marcação do bandeirinha foi equivocada e o árbitro de vídeo validou o gol atleticano.

A força do elenco alvinegro é tão grande que o time de Cuca buscou a virada ainda no primeiro tempo. No último lance, aos 47 minutos, Guilherme Arana encontrou um cruzamento na medida para Jair que, dentro da pequena área, cabeceou e fez o segundo gol atleticano. O Galo já estava em cima do Cuiabá, que tem por característica o sistema defensivo duro de ser quebrado.

Mesmo depois de o gol atleticano ter sido confirmado com a ajuda do árbitro de vídeo, o impedimento assinalado de forma errada pelo bandeirinha gerou muita reclamação do técnico Cuca e do atacante Diego Costa. A dupla não perdoou o assistente, que ouviu poucas e boas na beirada do campo.

O trabalho da arbitragem tem sido constantemente contestado pelo Atlético-MG nesta edição do Campeonato Brasileiro. Tanto que na semana passada o presidente alvinegro se reuniu com representantes da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) para tratar do assunto "apito".

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.