ASSINE

Real Noroeste vence o Águia Negra e encaminha classificação na Série D

Após cinco jogos sem vencer, o time merengue bateu os sul-mato-grossenses por 3 a 1, com três gols de Marcel, e está a um passo da próxima fase

Publicado em 21/11/2020 às 17h27
O Real Noroeste venceu o Águia Negra e encaminhou a classificação para a próxima fase da Série D
O Real Noroeste venceu o Águia Negra e encaminhou a classificação para a próxima fase da Série D. Crédito: Reprodução/MyCujoo

Após cinco jogos sem vencer, o Real Noroeste fez as pazes com a vitória em uma excelente hora. O time merengue bateu o Águia Negra por 3 a 1, na tarde deste sábado (21), no Estádio José Olímpio da Rocha, em Águia Branca, em partida válida pela 13ª rodada da Série D do Campeonato Brasileiro. Marcel marcou os três gols do triunfo da equipe capixaba, que chegou a 19 pontos e agora ocupa a terceira colocação do Grupo A-5, posição que pode mudar até o fim da rodada. Mas a classificação  à próxima fase está praticamente garantida. 

A Série D do Campeonato Brasileiro fecha sua primeira fase com os jogos da 14ª rodada no próximo sábado (28), todos simultaneamente às 16h (de Brasília). O Real Noroeste enfrenta o Goiânia, no Estádio Olímpico, já o Águia Negra recebe o União Rondonópolis, no Ninho da Águia.

O JOGO

Precisando vencer e jogando em seus domínios, o Real Noroeste foi superior e controlou todo o primeiro tempo. A equipe capixaba iniciou a partida pressionando a saída de bola do Águia Negra e, apesar dos diversos passes errados no meio de campo, conseguiu finalizar com perigo. Em uma dessas oportunidades, o time do técnico Duzinho abriu o placar em cabeçada de Marcel, após belo cruzamento de Marcus. O adversário tentou chegar ao ataque com a ligação direta, mas sem sucesso, poucas foram as chances criadas.

Na segunda etapa, o Real Noroeste acelerou para ampliar o resultado. Logo aos cinco minutos, Marcel, de pênalti, fez 2 a 0 para os capixabas. Quando a vitória parecia tranquila, os Merengues quase se complicaram ao Jonata ser expulso, aos 4 minutos.  Mas o dia era mesmo do Real, logo na sequência, Matheus Firmino sofreu pênalti, Marcel, de novo ele, cobrou para a defesa do goleiro, mas aproveitou o rebote para anotar seu terceiro gol no jogo e fazer 3 a 0 para o Real. 

O Águia Negra tentou se lançar ao ataque, mas seu ímpeto também foi frado por uma expulsão.  Aos 17, Rafael fez falta em Firmino, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Ainda assim, o time do Mato Grosso do Sul descontou. Rafael Franco cobrou pênalti e deu números finais ao placar: 3 a 1 para o Real Noroeste.

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.