ASSINE

Em meio à crise, famílias são beneficiadas com doações e reformas

O Instituto Unimed Vitória realiza diversas ações com as comunidades em vulnerabilidade durante a pandemia

Publicado em 23/11/2020 às 16h40
Atualizado em 23/11/2020 às 16h40
Doação de cestas básicas pelo Instituto Unimed Vitória
Na pandemia, cerca de 600 famílias do Estado já foram beneficiadas com doações de cestas básicas, itens de higiene e limpeza. Crédito: Divulgação/Unimed Vitória

A pandemia trouxe um cenário de incertezas e de perdas para muitos. Pais e mães de famílias em vulnerabilidade social perderam seu sustento e tiveram que lidar com o impacto social e financeiro que surgiu a reboque da disseminação do coronavírus. Para dar auxílio a essas pessoas, o Instituto Unimed Vitória vem realizando diversas ações com as comunidades, que vão desde a entrega de alimentos até a reforma e adequação da rede de esgoto em casas populares.

A entidade é o braço social da Unimed Vitória criado em 2012 para ampliar a atuação socioambiental da cooperativa. O objetivo é desenvolver e apoiar projetos sociais em cinco eixos de atuação: Cultura, Desenvolvimento Comunitário, Educação, Esporte e Meio Ambiente.

Neste período de pandemia, já foram beneficiadas cerca de 600 famílias do Estado com doações de cestas básicas, itens de higiene e limpeza. A compra dos alimentos e materiais está sendo feita com os pequenos comerciantes nas regiões onde são realizadas as ações, fortalecendo a economia local.

Esse trabalho foi reforçado com o lançamento do Movimento Saúde e Ação em junho, uma iniciativa de vários Institutos Unimed do país que recebem doações por meio da plataforma www.saudeacao.org. Os recursos também são repassados a instituições credenciadas.

Além disso, o Instituto Unimed Vitória já doou 10 mil máscaras de proteção diretamente e em parceria com 21 instituições que realizaram ações pelo Estado. As peças foram produzidas também com fornecedor local no período inicial da pandemia.

SAÚDE HABITACIONAL

Outra iniciativa patrocinada pelo Instituto, e que tem transformado a vida de famílias, é o Projeto Saúde Habitacional, que promove melhorias no saneamento básico de moradias em alta situação de vulnerabilidade social durante a pandemia, em parceria com as associações Ateliê de Ideias e Onze8. São 43 pessoas beneficiadas diretamente, sendo 31 moradores das quatro residências contempladas e 12 trabalhadores locais que atuam nas reformas das casas dos bairros Gurigica e São Benedito, em Vitória.

A dona de casa Renata dos Santos é uma dessas pessoas beneficiadas. Ela vive no morro da Gurigica, em Vitória, com mais oito pessoas. “Essa reforma está fazendo toda a diferença. O banheiro deixou de ter vazamentos e um dos quartos não estava sendo usado porque tinha muito mofo e infiltração de esgoto da vizinhança. Com a reforma, vamos ter mais conforto para toda a família”, explica.

Além disso, o Instituto é parceiro de algumas iniciativas do Ateliê de Ideias, como o “Projeto Costurando o Bem”, que beneficiou seis costureiras com a doação de insumos para fabricação de máscaras de tecidos para comercialização.

“A Unimed Vitória tem responsabilidade social e está atenta às necessidades das comunidades capixabas, em especial aquelas que estão no entorno do nosso hospital, em Vitória. Por isso, temos atuado sempre no sentido de investir em ações culturais, ambientais e sociais que humanizam essa população em vulnerabilidade social, que necessita de apoio. Faz parte do nosso DNA esse jeito de cuidar”, diz o diretor-presidente da cooperativa, Fernando Ronchi.

INFORMAÇÕES

A preocupação com a informação também esteve presente no trabalho da entidade. Com a necessidade de levar conteúdos seguros sobre o novo coronavírus para as comunidades, foi elaborada uma cartilha digital, que foi entregue a lideranças comunitárias do Território do Bem e para o Coletivo Terceiro Setor Conectado.

O Instituto também promove encontros virtuais entre a equipe de Educação Continuada da Unimed Vitória e representantes das comunidades do Território do Bem, os chamados “presidentes de rua”, para capacitá-los sobre o novo coronavírus. Essas lideranças ajudam as famílias em diversas tarefas que vão desde fazer compras até dúvidas sobre a pandemia e os sintomas da Covid-19.

ARRECADAÇÃO

Muito além da pandemia, no entanto, o Instituto promove diversas ações socioambientais. Para apoiar as ações das comunidades locais e desenvolver suas próprias iniciativas, a entidade tem como principal fonte de recursos a arrecadação do estacionamento do Hospital Unimed Vitória e o Programa de Redirecionamento do Imposto de Renda (RIR), em que médicos cooperados e colaboradores doam parte do seu imposto devido para projetos aprovados em leis de incentivo fiscal.

Unimed Cias
Para apoiar as ações das comunidades, o Instituto Unimed Vitória tem como principal fonte de recursos a arrecadação do estacionamento do hospital. Crédito: Edson Chagas/A Gazeta/Arquivo

Toda a verba arrecadada pelo Instituto Unimed Vitória é investida em projetos próprios ou em ações de outras instituições sociais. Desde sua criação, foram arrecadados cerca de R$ 14,7 milhões por meio de todas as fontes de receita. Esse valor retornou à sociedade com o investimento em cerca de 260 projetos, contínuos e novos, beneficiando em torno de 1 milhão de pessoas.

Um dos principais projetos próprios do Instituto é o programa “De Olho no Futuro - Dr. Ubirajara Moulin de Moraes”, que desde 2003 já atendeu cerca de 13 mil alunos de escolas públicas, contribuindo para a melhoria do aprendizado e redução da evasão escolar. Após a criação do Instituto, o projeto foi ampliado e passou a levar as consultas oftalmológicas e a distribuição gratuita de óculos de grau para os alunos diretamente nas escolas.

VOLUNTARIADO

Quando se trata de preocupação ambiental, o Instituto Unimed também é uma referência. Além de diversas campanhas de conscientização realizadas anualmente, contribui com a redução do consumo de água e energia, e o descarte correto de resíduos nas unidades da cooperativa, entre outras atividades que seguem rigorosamente toda a legislação ambiental.

Há ainda a Turma do Dr. Unimed, um projeto de voluntariado que acontece o ano todo e consiste na humanização em forma de visitas e apresentações a hospitais e instituições beneficentes. Com a pandemia, essa ação está suspensa. Mas, ainda assim, a Turma está levando sua alegria por meio das redes sociais com vídeos de orientação e cuidados, ensinando como fazer máscaras, como higienizar as mãos, contando histórias, fazendo mágicas e outras atividades para crianças internadas. O grupo realizou também uma ação de entrega de máscaras no Hospital Infantil.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.