ASSINE

Com segurança, capixaba não abre mão de ir às lojas e pesquisar preço

Conheça as medidas de segurança e higiene adotadas pela Sipolatti para levar confiança ao consumidor

Publicado em 21/10/2020 às 18h28
Placa na entrada da loja indicando o uso obrigatório de máscara durante o atendimento.
Placa na entrada da loja indicando o uso obrigatório de máscara durante o atendimento. . Crédito: Sipolatti/Divulgação

Mais espaço livre para circulação, atendimento com distanciamento mínimo de 1,5m entre vendedor e cliente, frascos de álcool em gel disponíveis em vários pontos, uso obrigatório de máscara, sinalização nos balcões e controle da quantidade de pessoas no interior das lojas são as principais medidas adotadas para garantir a segurança dos consumidores na hora de irem às compras.

A retomada do serviço presencial exige cuidados, mas também reforça um comportamento que os capixabas não abrem mão e já estavam sentindo falta: o de ir às lojas, pesquisar preço e conferir de perto os produtos. É o que aponta o Gerente Regional de Vendas da Sipolatti, Joilson Corrêa da Silva.

“Devido ao longo período de reclusão, os clientes estão dando ainda mais valor ao atendimento presencial. Percebemos que, mesmo visualizando os produtos primeiro pelo site, eles fazem questão de ir às lojas para receber o suporte do vendedor e ter a possibilidade de manusear e testar os produtos pessoalmente”, explica.

Vendedoras da Sipolatti prontas para recepcionar os clientes com todos os cuidados necessários: máscara, distanciamento e álcool em gel.
Vendedoras da Sipolatti prontas para recepcionar os clientes com todos os cuidados necessários: máscara, distanciamento e álcool em gel. Crédito: Sipolatti/Divulgação

Ainda de acordo com Joilson, a credibilidade e o comprometimento da empresa são fatores primordiais para levar confiança ao consumidor, especialmente neste momento de pandemia. Segundo ele, os vendedores são preparados para entender a necessidade de cada cliente e entregá-lo o produto que será útil para a sua realidade.

“A Sipolatti se preocupou em reorganizar todo o layout de posicionamento dos produtos, criando mais espaços livres para que o nosso cliente tenha mais tranquilidade para transitar com segurança. Sinalizamos todas as lojas com comunicações informando as medidas necessárias no momento. E podemos notar que até pessoas que são consideradas do grupo de risco estão indo com muita tranquilidade sem a preocupação de se contaminarem em nossas lojas”, observa.

Comunicado com as medidas de segurança exigidas no interior da loja.
Comunicado com as medidas de segurança exigidas no interior da loja. Crédito: Sipolatti/Divulgação

E-commerce

Em 2015, a Sipolatti ampliou seus canais iniciando as vendas pela internet e também por Televendas. Na loja virtual (sipolatti.com.br) ou no televendas (4007.1700), o consumidor pode fazer suas compras com mais comodidade, sem sair de casa. A entrega é rápida e, para quem mora na Grande Vitória, essa espera pode ser de apenas um dia útil.

Além de poder descobrir e comprar todas as novidades do mercado pelo site em poucos cliques, o consumidor também tem outras facilidades como promoções exclusivas, frete grátis para todo o Espírito Santo e montagem grátis de móveis.

Serviço

  • Lojas físicas: confira o endereço de todas as unidades no site
  • Loja virtual: sipolatti.com.br 
  • Televendas: 4007 1700, das 8h30 às 18h
  • Prazo de entrega: um dia útil após a aprovação (Televendas e loja virtual) para encomendas em Vitória, Serra, Vila Velha, Viana e Cariacica, e de dois dias para outros municípios com unidades da Sipolatti. Em outras localidades, o prazo é variável.
  • Frete: grátis para todo o Espírito Santo nas compras acima de R$ 99.

A Gazeta integra o

Saiba mais
capixaba capixaba

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.