ASSINE

Estado investe em rede de saúde e amplia leitos em todas as regiões

Governo expandiu atendimento em todo o território capixaba com 1.532 leitos específicos para Covid-19

Leitos foram abertos em todas as regiões do Espírito Santo
Leitos foram abertos em todas as regiões do Espírito Santo. Crédito: Governo do Estado/Divulgação

Um problema evidente em muitos estados do Brasil foi a falta de leitos para o atendimento de pacientes com Covid-19, realidade bem diferente do Espírito Santo. Ainda em abril deste ano, o Governo do Estado instituiu o “Programa Leitos Para Todos", com o objetivo de expandir a capacidade de atendimento no território capixaba.

Em vez de fazer hospitais de campanha, que seriam desmontados após a pandemia, o Estado investiu na rede estadual de saúde e em parcerias com a rede privada e filantrópica. Assim, conseguiu disponibilizar 1.532 leitos específicos para Covid-19, sendo 715 de UTI e 817 de enfermaria: estes números representariam 13 hospitais de campanha com cerca de 120 leitos cada.

“Por meio da Secretaria de Saúde (Sesa), o Estado iniciou trabalho de ampliação de leitos e reestruturação de forma regionalizada e rápida. Este foi um ponto fundamental para conseguirmos atender a todos”, destaca o subsecretário de Regulação, Controle e Avaliação, Gleikson Barbosa.

Ele explica que os leitos foram distribuídos de forma a minimizar a necessidade de transferência de pacientes para outras regiões e, assim, agilizar o atendimento, em especial nos casos graves.

Na região norte do Estado, foram disponibilizadas 78 vagas de UTI e 66 de enfermaria; na região Noroeste, 55 de UTI e 98 de Enfermaria; na Metropolitana, 487 de UTI e 535 de Enfermaria e na Região Sul, 95 de UTI e 118 de Enfermaria.

“Foi um planejamento bem feito. Sabemos que o agravamento do quadro de saúde na Covid-19 é rápido, por isso a importância da oferta de leitos de forma regionalizada”, lembra Gleikson.

Gleikson Barbosa: “Estado iniciou trabalho de ampliação de leitos e reestruturação de forma regionalizada e rápida”
Gleikson Barbosa: “Estado iniciou trabalho de ampliação de leitos e reestruturação de forma regionalizada e rápida”. Crédito: Governo do Estado/Divulgação

Hospital do Estado é destaque nacional

Um dos símbolos das políticas públicas do Estado contra a Covid-19 é o Hospital Estadual Dr. Jayme dos Santos Neves. Ele é o segundo maior do país em número de leitos para tratamento da Covid-19, com 310 leitos, sendo 250 de UTI e não é o único a se destacar.

No fim do mês de outubro, o tradicional Hospital Estadual Dr. Dório Silva recebeu 40 novos leitos de Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), destinados à rede de Urgência e Emergência do Estado. O investimento foi de R$ 6,4 milhões. O hospital, agora com 229 leitos ante 165 antes do início da pandemia, também se tornou referência no enfrentamento à Covid-19.

“Através da organização das linhas de cuidado e com as premissas de regionalização, integridade, equidade e qualidade dos serviços de saúde, o estado está avançando constantemente com foco no cuidado do paciente”, destaca Gleikson.

Hospital Jayme dos Santos Neves é destaque nacional contra Covid-19
Hospital Jayme dos Santos Neves é destaque nacional contra Covid-19. Crédito: Governo do Estado/Divulgação

Leitos já são destinados a outras doenças

O fortalecimento da rede hospitalar do Espírito Santo, em especial a pública, já permitiu que mais de 500 leitos, originalmente disponibilizados para o enfrentamento da Covid-19, fossem direcionados para pacientes com acidente vascular cerebral (AVC), traumas, infartos e clínica médica.

“Os leitos abertos vão ficar de legado para a sociedade capixaba”, destaca o governador Renato Casagrande.

Além disso, o governo pretende levar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para todos os 78 municípios do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.