ASSINE

Espírito Santo é destaque em testagem de covid-19

Governo do Estado pretende aumentar de 2 mil para 3.500 a capacidade diária de testes contra covid-19

Lacen já realizou mais de 120 mil testes da Covid-19
Lacen já realizou mais de 120 mil testes da Covid-19. Crédito: Governo do Estado/Divulgação

O Espírito Santo é, hoje, referência nacional quanto ao controle da covid-19 e um dos principais motivos para que ocupe essa posição de destaque tem sido o trabalho realizado pelo Laboratório Central do Espírito Santo (Lacen-ES).

Por dia, são realizados entre 1.300 e 1500 testes, com capacidade total de 2000 testes. O Governo do Estado pretende aumentar essa capacidade para até 3.500 amostras diárias até novembro deste ano, investindo na contratação de mais técnicos, insumos e reagentes.

“Somos proporcionalmente um dos três maiores estados em testagem e um dos mais ágeis, com tempo médio de 24 a 36 horas para entrega do resultado, em amostras de rotina. Em amostras de urgência, conseguimos liberar o laudo de forma precisa em até 12 horas. Desta maneira, conseguimos localizar as pessoas que tiveram contato com os infectados e realizar o controle de forma mais efetiva”, explica Rodrigo Rodrigues, coordenador do Lacen.

Os testes para covid-19 começaram a ser feitos em 11 de março deste ano no estado. Desde então, já foram realizados mais de 120 mil testes. Como comparação, em todo ano de 2019, foram feitos cerca de 1200 testes para outras doenças respiratórias.

Para que isso fosse possível, a evolução do vírus foi acompanhada de forma minuciosa antes mesmo de sua chegada ao Brasil, o que possibilitou a tomada de atitude de forma rápida. O Governo do Estado investiu em capacitação e equipamentos. Foram adquiridos dois termocicladores (R$ 600 mil), equipamentos necessários para a realização do RT-PCR; 80 mil testes de RT-PCR marca Macura para o diagnóstico sob forma de kits de amplificação (R$3.355.121,73).

Ainda foram adquiridos 30 mil testes de RT-PCR da marca IBMP em forma de kits de amplificação (R$ 3.600.000,00) e 30 mil testes em forma de kit completo extração e amplificação de RT-PCR ultrarrápido marca VERi-Q Nanobiosys (R$ 5.700.000,00).

“O Estado vem trabalhando para ampliar cada vez mais o acesso da população ao diagnóstico precoce, evitando, assim, a evolução e agravamento do caso. Uma garantia também de ampliação de testagem, por meio do nosso Laboratório Central (Lacen), que atualmente tem alta capacidade de testagem para a Covid-19”, disse o subsecretário de Estado de Vigilância em Saúde, Luiz Carlos Reblin.

Luiz Carlos Reblin destaca o importante trabalho realizado no Lacen
Luiz Carlos Reblin destaca o importante trabalho realizado no Lacen. Crédito: Governo do Estado/Divulgação

Inquérito escolar vai ampliar monitoramento

O Governo do Espírito Santo, por meio das Secretarias da Saúde (Sesa) e da Educação (Sedu), iniciou a primeira etapa do Inquérito Sorológico Escolar. O objetivo é estimar o percentual de estudantes e trabalhadores da área da educação que já foram ou estão infectados pelo novo coronavírus. O inquérito é uma importante ferramenta, também, para monitor o avanço do vírus na população em geral.

De acordo o secretário de Estado da Saúde, Nésio Fernandes, a iniciativa vai possibilitar uma fotografia do contágio da doença no período pré-escolar. “Vamos acompanhar a evolução e o comportamento da pandemia da Covid-19 com o inquérito. Já reunimos as condições sanitárias, com a queda sustentada dos casos graves e dos óbitos e vamos retomar as atividades escolares respeitando os protocolos”, destacou.

Os municípios selecionados que trazem a representação populacional capixaba são: Afonso Cláudio, Alegre, Cachoeiro de Itapemirim, Cariacica, Colatina, Linhares, Marataízes, Nova Venécia, Santa Maria de Jetibá, São Mateus, Serra, Vila Velha e Vitória.

Dos 13 municípios, foram sorteadas 86 escolas, das quais serão testados, aproximadamente, 3.400 professores, 2.300 funcionários e cerca de 5.065 alunos, que também foram sorteados – entre aqueles os quais a família demonstrou interesse em participar.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.