ASSINE
Oferecimento:
Modo de Visualização:

Da caspa à queda de cabelo: que substâncias são mais eficazes?

Pesquisas apontam que tipos de ativos realmente funcionam na hora de escolher o produto ideal para seus cabelos

  • Royal Drop

  • Estúdio Gazeta

    O Estúdio Gazeta é o time de produção de conteúdo para anunciantes da Rede Gazeta, com estrutura independente da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 23/11/2021 às 16h01
Ativos para queda de cabelo, produto para queda de cabelo
A escolha do produto certo para os cabelos precisa ser de acordo com o seu problema e com o auxílio de um especialista. Crédito: Shutterstock

Em uma simples ida à farmácia, encontramos uma infinidade de produtos com promessas de solução dos mais diversos problemas capilares, da caspa à queda de cabelo. Mas será que é só apanhar um deles na prateleira e começar a usar por conta própria? O que ocorre, de fato, é que muita gente não vê o resultado esperado e fica com a sensação de que o dinheiro escorreu pelo ralo, junto com os cabelos.

Farmacêutica, bioquímica e cosmetóloga, Liliany Jann Zampiroli afirma que não vale a pena escolher um produto, aleatoriamente, sem uma avaliação prévia de um especialista.

"Precisamos entender que somos seres únicos e diferenciados. Portanto, precisamos de um tratamento diferenciado e único. A escolha do produto precisa ser de acordo com o seu problema e com o auxílio de um especialista, que, após uma avaliação, saberá indicar o produto adequado para cada problema", ressalta a especialista da Royal Drop, linha premium de produtos antiqueda, com fórmula inovadora, que acaba de ser lançada.

Antes e depois do uso de produto para queda de cabelo
Há ativos que atuam diretamente na solução para a queda capilar e para o crescimento dos fios. Crédito: Shutterstock

Nem todo mundo sabe, por exemplo, o que a ciência vem apontando o caminho para os tratamentos capilares. Há ativos que já tiveram eficácia comprovada, após anos e anos de pesquisas, como destaca a farmacêutica.

FUNÇÕES DOS ATIVOS

"Os ativos biotecnológicos e nanotecnológicos são bases de referência nos estudos de eficácia para os tratamentos capilares e muito bem aplicados pela ciência. Isso porque os mecanismos de ação se tornam mais efetivos e são controlados e/ou tratados por tais ativos. Eles conseguem agir no sítio de ação específico do sistema fisiológico a que se destina o tratamento, de modo a retomar a funcionalidade de todo o sistema".

Se o problema é a oleosidade, diz Liliany, as pesquisas já mostraram que uma combinação de zinco e L-PCA, um aminoácido de origem vegetal, ajuda a regular a redução da atividade das glândulas sebáceas e reduzir a quantidade de sebo in vivo no couro cabeludo, diminuindo significativamente o nível de oleosidade dos cabelos.

Para um efetivo de controle da caspa, as apostas vão para um ativo vegetal com origem do Rosebay Extract titulado no polifenol Oenothein B, com reconhecidas propriedades anti-inflamatórias, e anti-5 α reductase, que possui uma atividade singular em impedir a formação de caspa, através de um mecanismo totalmente contrário aos antifúngicos convencionais. "Ele preserva e mantém a integridade da microbiota do couro cabeludo por meio do controle da proliferação da Malasssezia fungi. E reduz a aderência da caspa, além de reforçar o stratum córneo local através do aumento da involucrina", cita a farmacêutica e cosmetóloga.

Liliany:
Liliany Jann Zampiroli: "O produto preserva e mantém a integridade da microbiota do couro cabeludo". Crédito: Royal Drop/Divulgação

Também há ativos que atuam diretamente na solução para a queda capilar e para o crescimento dos fios. Nesse caso, a cistina biotecnológica desenvolvida por inserção enzimática do ácido succínico na cistina, um aminoácido essencial de queratina para os cabelos, ajuda a aumentar a biodisponibilidade celular da cistina, enquanto estimula o metabolismo do queratinócito. "Dessa forma, o mecanismo de ação é aumentar a síntese de ATP, prevenindo a queda capilar e promovendo o estímulo do crescimento capilar", complementa.

PARCERIA COM LABORATÓRIOS

Sobre a Royal Drop, a farmacêutica explica que os produtos da linha foram desenvolvidos em parceria com laboratórios nacionais e internacionais com o intuito de chegar em formulações contendo ingredientes biotecnológicos e naturais que garantam performance e qualidade. Após anos de estudos, a equipe de pesquisa e desenvolvimento conseguiu chegar a formulações altamente eficazes com resultados em curto período de tempo.

"As fórmulas são compostas de 74 ingredientes naturais na mais variada diversidade e particularidade, agindo numa sinergia incomparável, com a finalidade de ação regenerativa capilar, amplamente utilizado no tratamento de alopecia, por agir nas células da papila dérmica, que dão origem aos folículos pilosos. Dentro do mecanismo de ação dos ingredientes, alguns deles atuam como inibidor da enzima 5-α-redutase, que catalisa a conversão de testosterona, controlando os níveis de di-hidrotestosterona em muitos tecidos, e mostrando a eficácia do produto na proteção contra a alopecia. Por fim, também garante uma ação reguladora das glândulas sebáceas no controle da oleosidade".

TRATAMENTO

Da caspa à queda de cabelo: que substâncias são mais eficazes?
Produtos da linha foram desenvolvidos em parceria com laboratórios nacionais e internacionais. Crédito: Royal Drop/Divulgação

O diretor comercial de uma empresa de propriedade intelectual, Thiago Dias estava bastante insatisfeito de ver seu cabelo ficar mais ralo, bem diferente de como era na juventude. Aos 37 anos, ele já estava calvo. Teve que deixar de lado certos hábitos, como usar gel e boné. Trocou tudo por produtos específicos para lavar os cabelos e até por medicamentos.

Mas isso não mudava o quadro. Foi quando Thiago resolveu se voluntariar nos testes da linha Royal Drop. “Devido à minha profissão, tenho acesso a informações privilegiadas. E me deparo com novas tecnologias e inovações em diversas esferas. Foi quando fui demandado para proteger a fórmula da Royal Drop e vi os comparativos dos resultados de quem já estava fazendo o tratamento”, conta ele.

Thiago diz que não teve receio algum de testar os produtos. “Eu me senti muito confortável com o uso de um produto natural. Já tinha tido experiências passadas com medicamentos que traziam um efeito colateral que não me agradava”.

A confiança veio mesmo depois dos primeiros dias de tratamento. “Em três semanas eu vi diferença. Então não é algo que você tem que aguardar três, seis meses ou um ano para começar a sentir algo acontecendo com você”.

De lá pra cá, o diretor comercial viu a transformação gerada não só pelos cabelos a mais que ganhou. “Estou mais confiante, mais satisfeito com o que vejo no espelho, mais alegre. Quem não quer estar bem consigo mesmo?”, declara.

Para saber mais, acesse o site da Royal Drop, no endereço: https://tratamento.royaldrop.com.br/. O perfil no Instagram é o @royaldropoficial. E o telefone para mais informações é o (27) 3289-1627.

Este é um conteúdo de responsabilidade do anunciante.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Saúde Saúde Cabelos Queda de Cabelos Tricologia

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.