ASSINE

Olimpíadas Científicas enriquecem aprendizado e desenvolvem resiliência

Alunos do Centro Educacional Primeiro Mundo são incentivados a participar das atividades, que proporcionam aprendizado real e desenvolvem habilidades socioemocionais

  • Primeiro Mundo

  • Estúdio Gazeta

    O Estúdio Gazeta é o time de produção de conteúdo para anunciantes da Rede Gazeta, com estrutura independente da Redação de A Gazeta/CBN.
Publicado em 08/11/2021 às 13h00
 As Olimpíadas Científicas incentivam o protagonismo dos alunos, preparando-os para obter sucesso na carreira acadêmica e profissional.
As Olimpíadas Científicas incentivam o protagonismo dos alunos, preparando-os para obter sucesso na carreira acadêmica e profissional. Foto registrada antes da pandemia. Crédito: Primeiro Mundo/Divulgação

Um colecionador de medalhas. É assim que podemos definir o aluno do 7º ano do ensino fundamental anos finais, do Centro Educacional Primeiro Mundo, Heitor Soares. Ele é destaque das Olimpíadas Científicas realizadas pela instituição, que proporcionam aprendizado real e significativo aos estudantes, aliando teoria e prática. As ações incentivam o protagonismo dos alunos, preparando-os para obter sucesso na carreira acadêmica e profissional, e estimulam a experimentação para ampliar e enriquecer o aprendizado adquirido em sala de aula.

“Tive a oportunidade de melhorar o meu conhecimento, pois aprendi coisas novas. A escola também incentivou bastante e me ajudou na preparação. Além da rotina normal de estudos, me dedico ainda mais quando os eventos estão próximos e pretendo continuar participando dessas competições”, conta Heitor, que garantiu as medalhas de bronze, na Olimpíada Brasileira de Química Junior (OBQjr); e de ouro, na Olimpíada Nacional de Ciências (ONC), entre outras conquistas.

O coordenador de Projetos e Olimpíadas e supervisor pedagógico do ensino médio e fundamental anos finais, Estevão Sant’Anna, ressalta os benefícios das competições. “As Olimpíadas Científicas contribuem para o desenvolvimento de habilidades socioemocionais, como resiliência, pertencimento, trabalho em equipe e comprometimento, além de ser uma experiência ímpar de aprendizado.”

Heitor Soares, do 7º ano do ensino fundamental do Primeiro Mundo, coleciona medalhas:
Heitor Soares, do 7º ano do ensino fundamental do Primeiro Mundo, coleciona medalhas: "Tive a oportunidade de melhorar o meu conhecimento, pois aprendi coisas novas.". Crédito: Primeiro Mundo/Divulgação

PREPARAÇÃO

A preparação para a participação nas competições acadêmicas tem início nos primeiros anos do ensino fundamental. Com o objetivo de despertar o interesse e potencializar o conhecimento para as Olimpíadas, o trabalho de capacitação conta com o apoio dos assessores da escola, responsáveis pela condução de aulas diferenciadas. Para os alunos dos anos finais, são oferecidas oficinas preparatórias visando a fornecer uma abordagem ampla sobre os conteúdos exigidos em cada olímpiada, além de aproximar as características de cada prova à vivência acadêmica do estudante.

A capacitação contínua influencia diretamente o índice de conquistas, o que assegura a obtenção de resultados positivos e amplia as participações e a quantidade de medalhas ao longo dos anos. Em 2020, o Centro Educacional Primeiro Mundo teve 15 alunos convidados para as seletivas internacionais da OBA, medalhistas aprovados com 100% de bolsa de estudos em universidades estrangeiras e atingiu a marca recorde de 201 premiações. Comparado aos anos anteriores, houve uma grande evolução: em 2013, por exemplo, a escola conquistou 26 medalhas.

As Olimpíadas Científicas abrangem diversas áreas do conhecimento e ofertam premiações que podem garantir para os alunos do ensino médio o ingresso em universidades, como USP, Unicamp, Unesp e Unifei.

Este é um conteúdo de responsabilidade do anunciante.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Educação Educação Escolas particulares

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.