ASSINE

Motorista de aplicativo morre em acidente no 1° dia de trabalho na Serra

De acordo com a família de Wesley Nascimento, ele estava no primeiro dia de trabalho. O motorista tinha almoçado e havia acabado de sair de casa para atender novos clientes

Publicado em 21/01/2020 às 20h36
vítima em acidente envolvendo cinco veículos na Serra estava trabalhando pela primeira vez como motorista de aplicativo. Crédito: A Gazeta
vítima em acidente envolvendo cinco veículos na Serra estava trabalhando pela primeira vez como motorista de aplicativo. Crédito: A Gazeta

Wesley Nascimento, motorista de um dos cinco veículos envolvidos no acidente ocorrido na manhã desta terça-feira (21) na Serra,  realizava o primeiro dia de trabalho como motorista de aplicativo. Ele morreu no local do acidente. De acordo com a família da vítima, Wesley tinha almoçado e havia acabado de sair de casa para atender novos clientes. 

A colisão ocorreu no km 260, na altura de Cidade Pomar. Além do caminhão e do ônibus da Viação Lírio dos Vales, o acidente envolveu ainda uma moto e dois carros de passeio. As duas vítimas que estavam na moto, de acordo com informações divulgadas pela Eco 101, foram encaminhadas ao Hospital Jayme Santos Neves, na Serra. Já o ônibus, que seguia de Vitória para Fundão, tinha 12 passageiros que não se feriram, segundo informações do gerente da empresa, Sebastião Ferreira Neto.

A Polícia Rodoviária Federal ainda não tem informações sobre a dinâmica do acidente e sobre o estado de saúde dos feridos. Já o gerente da Lírio dos Vales disse que o motorista do Fiat Uno invadiu a contramão. "Ele invadiu a contramão, bateu na frente do ônibus, rodou, voltou para a faixa que ele estava e bateu em outro carro. Com isso, veio o caminhão e bateu na traseira do ônibus. Uma moto acabou atingida também", relatou Sebastião, que garantiu que os passageiros serão realocados em outro ônibus.

De acordo com o Centro de Controle Operacional (CCO) da Eco101, a colisão aconteceu por volta das 12h. Para atendimento da ocorrência, foram acionadas equipes da concessionária (viatura de inspeção, ambulâncias e guinchos), além da PRF, Corpo de Bombeiros e Polícia Civil. Como havia um caminhão-tanque na batida, o Instituto Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Iema) também foi chamado. No início da tarde, os dois sentidos da via foram liberados.

A Gazeta integra o

Saiba mais
Serra Serra acidente br 101

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.