ASSINE

TV Gazeta divulga ganhadores do Prêmio Biguá em Cachoeiro

Prêmio Biguá de Sustentabilidade foi entregue aos vencedores nesta quinta-feira (26), em Cachoeiro de Itapemirim

Publicado em 26/09/2019 às 19h20

É na intenção de mudar o cenário onde vivem e ajudar a preservar o meio ambiente que capixabas estão colocando em prática pequenas ideias que fazem a diferença. Além de incentivar as boas ações sustentáveis, a TV Gazeta Sul premiou nesta quinta-feira (26) os projetos vencedores do Prêmio Biguá de Sustentabilidade, em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Estado.

Mais de 50 projetos se inscreveram na premiação que chegou neste ano a sua oitava edição. Foram premiados os três primeiros colocados das seguintes categorias: prefeitura, produtor rural, escola, sociedade civil, ensino superior e empreendedor ambiental, categoria que foi a novidade deste ano.

Para a diretora da Regional Sul da Rede Gazeta, Maria Helena Vargas, as questões ambientais nunca estiveram tamanha evidência como atualmente. Dar visibilidade as boas soluções, apontam caminhos que se deve seguir.

“Na última década tivemos vários esforços pelo mundo na busca de soluções para as questões ambientais, especialmente para a questão do aquecimento global, visando diminuir o ritmo de degradação e as consequências que estamos vendo agora, como: escassez de água, destruição de florestas, elevação do nível do mar, extinção de diversas espécies, entre outras. Iniciativas como as que veremos aqui hoje, nos dá alento e esperança, porém temos que nos conscientizar de que elas precisam ser multiplicadas de forma rápida”, reforça Maria Helena Vargas.

Confira os vencedores em suas categorias

PREFEITURA

Projeto de Educação Ambiental Ecocidadão Atiliense - A Secretaria Municipal de Meio Ambiente do município de Atílio Vivacqua começou a trabalhar para reversão dos impactos causadores da falta de água com o Projeto Águas da Nossa Comunidade. Porém, viu que seria insuficiente. Em 2017 o Projeto de Educação Ambiental Ecocidadão Atíliense foi fundado com o objetivo de promover a mudança de hábitos dos cidadãos o projeto atua em várias áreas, visando atingir não só estudantes, mas toda comunidade.

São desenvolvidas palestras, oficinas de reutilização de resíduos, limpeza da cidade, gincanas e feiras. Além da realização de projetos em parcerias como o Programa de Formação de Agentes Ambientais Sustentáveis e a Biblioteca Itinerante.

PRODUTOR RURAL

Moysés Francisco de Araújo, de Divino de São Lourenço - Unidade Demonstrativa de Recuperação Ambiental de Matas Ciliares - Com o recurso proveniente do Programa Corredores Ecológicos do Governo Federal e apoio de entidades governamentais do Espírito Santo foi possível a conclusão do isolamento da área total das matas ciliares do sítio; plantio de essências de arbóreas nativas, frutíferas e palmáceas na área total e melhorar a condução e a manutenção do sistema de recuperação e, consequentemente, acelerar ainda mais o enriquecimento da flora e o retorno da fauna silvestre no sítio.

ESCOLA

Pedagogia da Alternância: educação para sustentabilidade da vida - Este trabalho apresenta as várias ações ambientais desenvolvidas pela Escola Família Agrícola de Belo Monte, Mimoso do Sul, a partir do seu Projeto Político Pedagógico que tem como princípio o sistema educativo denominado Pedagogia da Alternância. As ações envolvem estudantes, professores e funcionários da Escola Família Agrícola de Belo Monte, família dos estudantes, comunidades rurais e Instituições estaduais e municipais parceiras.

SOCIEDADE CIVIL

Geração Sustentável - O projeto da associação de produtores e moradores da comunidade de Feliz Lembrança em Alegre é formada por agricultores familiares. Pelo relevo acidentado representa uma dificuldade de ampliação das áreas produtivas, grande parte da cafeicultura como fonte de renda da comunidade. Jovens da Igreja Católica começaram a buscar alternativas para viabilizar a geração de trabalho e renda. O projeto colhe resultados voltados à organização e formação dos agricultores e agricultoras, assim como a possibilidade de novos mercados.

EMPREENDEDOR AMBIENTAL

Obra Sustentável com reaproveitamento de contêiner e casqueiros de granito – A empresa Arco, em Cachoeiro de Itapemirim, construiu um escritório para empresa de tecnologia da informação totalmente integrado com a natureza. Utilizam contêineres usados que foram descartados e não são mais utilizados por empresas atuantes no ramo logístico e marítimo e o reaproveitamento de casqueiros de granitos (restos de serradas de rochas que são descartadas pelas indústrias).

ENSINO SUPERIOR

BioTV Interativa - O Projeto de Educação Ambiental BioTv Interativa, em Alegre, surgiu com o objetivo de reciclar o lixo eletrônico, através da produção de aquários sustentáveis e promover a recuperação e conservação dos recursos hídricos, atuando de forma integrada (Escolas x Comunidade x Setor Privado x Produtor Rural), ampliando as ações de Educação Ambiental na região para o fortalecimento do Desenvolvimento Sustentável.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.