ASSINE

Mulher é torturada e tem cabeça raspada em Cachoeiro

A vítima, que estava em cárcere privado, aparece em vídeo com a boca ensanguentada e chorando muito

Publicado em 25/02/2020 às 18h54
Atualizado em 25/02/2020 às 18h54
Mulher é torturada e tem cabelos cortados no ES. Crédito: Divulgação/Internauta
Mulher é torturada e tem cabelos cortados no ES. Crédito: Divulgação/Internauta

A Polícia Civil investiga as agressões sofridas por uma jovem em Cachoeiro de Itapemirim, no Sul do Espírito Santo. A vítima, que não teve a identidade revelada, aparece em um vídeo que circula das redes sociais, sendo torturada por outras mulheres. Além de receber tapas e socos no rosto enquanto é insultada, a moça tem os cabelos cortados, cabeça e sobrancelhas raspadas. 

A Polícia Civil informou que o registro das imagens foi feito há cerca de uma semana e que  já identificou a mulher que aparece sendo espancada. Ela é moradora de Alegre, também na região Sul do Estado.

No vídeo, a jovem, que estava em cárcere privado, aparece com a boca ensanguentada e chorando muito, enquanto outras mulheres usam tesoura, lamina de barbear e máquina de cortar cabelo para torturar a moça.

O superintendente de Polícia Regional Sul, delegado Faustino Antunes, disse que assim que receberam o vídeo, iniciaram as investigações, mesmo sem denuncia na delegacia. “Não posso adiantar mais informações para não prejudicar as investigações”, justificou Faustino.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.