ASSINE

TCES "perdoa" cidades que gastaram menos que o obrigatório em Educação

Três cidades que não investiram em Educação o mínimo constitucional de 25% da receita foram liberadas para receber verbas  que estavam bloqueadas

Vitória / Rede Gazeta
Publicado em 12/07/2021 às 20h06

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.