ASSINE

Senadores capixabas declaram voto a Davi Alcolumbre no Senado

Fabiano Contarato e Marcos do Val exibiram as cédulas de votação e manifestaram preferência pelo senador do Amapá para presidir o Senado

Publicado em 02/02/2019 às 16h47

Os senadores Fabiano Contarato (Rede) e Marcos do Val (PPS) declararam voto em Davi Alcolumbre (DEM-AP) durante eleição para a presidência do Senado Federal na tarde deste sábado (02). Já Rose de Freitas (Podemos) não se manifestou publicamente, mas ao Gazeta Online disse ter votado em Ângelo Coronel (PSD-BA).

Fabiano Contarato e Marcos do Val exibem voto em cédula. Crédito: Geraldo Magela/Agência Senado
Fabiano Contarato e Marcos do Val exibem voto em cédula. Crédito: Geraldo Magela/Agência Senado

Embora a votação seja secreta, por determinação do presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, vários parlamentares favoráveis ao voto aberto têm exibido seus votos para as câmeras antes de depositá-los na urna.

A sessão deste sábado teve início às 11 horas e, por volta das 15h30, começou a votação, sendo encerrada às 17h15. Porém, na apuração das cédulas, a mesa descobriu que haviam 82 cédulas para 81 senadores e os votos foram anulados por suspeita de fraude. Às 17h20, uma nova votação teve início. 

No seu primeiro voto, Contarato postou em sua conta de uma rede social uma foto segurando a cédula com a legenda: "#VotoAberto e o meu voto é: Davi Alcolumbre! #NovaPolitica #MandatoContarato". Além disso, posou para fotos mostrando o voto. 

Assim como ele, Marcos do Val manifestou publicamente seu apoio a Alcolumbre, primeiro em fala no Parlamento na sessão deste sábado e depois durante a votação. Ele também postou fotos e vídeos em suas redes sociais com sua fala contra Renan Calheiros (MDB-AL).

Senadora Rose de Freitas depositando voto na urna enquanto Contarato e Do val preenchem suas cédulas. Crédito: Reprodução/TV Senado
Senadora Rose de Freitas depositando voto na urna enquanto Contarato e Do val preenchem suas cédulas. Crédito: Reprodução/TV Senado

Já a senadora Rose de Freitas (Podemos), apesar de ter sido a primeira entre os capixabas a votar, optou por depositar sua cédula na urna sem mostrar o conteúdo. Na sessão de sexta-feira, a senadora afirmou que era favorável ao voto aberto.

Mas, por nota, disse que seu candidato era o senador Álvaro Dias, também do Podemos. "Uma vez que ele desistiu do pleito, eu votei no senador Ângelo Coronel, que conversou comigo em plenário e apresentou, em meu entendimento, as melhores propostas entre os candidatos", afirmou.

A Gazeta integra o

Saiba mais
senado

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.