ASSINE

Deputados federais do ES aumentam gastos com divulgação durante pandemia

Considerando todas as despesas da cota parlamentar, houve queda de 39%. Mas gasto aumentou com gerenciamento de redes sociais. Veja o ranking

Publicado em 22/05/2020 às 08h31
Atualizado em 22/05/2020 às 08h35
Líder da bancada, Da Vitória participa de reunião com parlamentares capixabas. Deputado foi o que mais gastou durante a pandemia
Líder da bancada, Da Vitória participa de reunião com parlamentares capixabas. Deputado foi o que mais gastou durante a pandemia. Crédito: Reprodução/Da Vitória

Em meio à pandemia do novo coronavírus, deputados federais do Espírito Santo aumentaram os gastos com a divulgação das atividades de seus mandatos nas redes sociais. O volume de consultorias e pesquisas de opinião contratadas por eles também foi maior durante os meses de março e abril deste ano, comparados com o mesmo período de 2019.

De acordo com dados da Câmara dos Deputados, somando todos os gastos, no entanto, a bancada capixaba reduziu suas despesas em 39%. Sem viagens e sem a necessidade de arcar com custos em Brasília, parte dessa economia se deu por conta da suspensão de sessões presenciais, desde o dia 20 de março.

Enquanto foram utilizados R$ 552,5 mil em março e abril de 2019, em 2020 o gasto caiu para R$ 334,4 mil, nestes dois meses. Cada deputado capixaba pode gastar até R$ 37.423,91 por mês. Desse modo, a despesa máxima a ser consumida no período analisado era de R$ 748,4 mil.

Apesar da redução de gastos, houve aumento das despesas em alguns setores. Em "divulgações de atividade parlamentar", os deputados capixabas usaram R$ 113,4 mil em março e abril. O item engloba gerenciamento de mídias sociais, compra de espaço em sites de notícias do interior e produção e edição de vídeos. A maior parte dessa despesa, cerca de 65%, foi paga para profissionais administrarem e abastecerem as redes dos parlamentares, que gastaram, no total, R$ 74,5 mil pelo serviço. Em 2019, o gasto nesta área foi de R$ 90,9 mil durante os meses de março e abril.

GASTOS COM DIVULGAÇÃO DO MANDATO

Live musical de Lauriete foi compartilhada em página gerenciada com recursos públicos
Live musical de Lauriete foi compartilhada em página gerenciada com recursos públicos. Crédito: Reprodução/Lauriete Rodrigues

O maior gasto neste quesito foi da deputada Lauriete Rodrigues (sem partido), que usou notas fiscais para pedir o reembolso de R$ 30,2 mil da cota parlamentar para este fim. O recurso foi utilizado para pagar a impressão de 90 mil edições de um informativo com ações de seu mandato, por R$ 14,8 mil; além de R$ 15,4 mil para o gerenciamento de suas redes sociais.

A deputada tem perfis diferentes para publicar conteúdos referentes ao mandato (@deputada.lauriete no Instagram e no Facebook) e à carreira como cantora gospel (@laurieteCantora no Facebook e @cantoralauriete no Instagram). As páginas em que aborda temas de seu mandato são gerenciadas com recursos públicos, como mostram notas fiscais às quais ela pediu reembolso da Câmara. Contudo, em um desses perfis de seu mandato, ela compartilhou um link para uma live em que cantou algumas de suas músicas, durante a quarentena.

Ela é a única parlamentar do Espírito Santo que teve aumento no total de gastos nos últimos dois meses. Foram usados R$ 49,3 mil no período, 7% a mais do queo mesmo período de 2019. Ela foi a segunda no ranking de despesas no Estado, entre março e abril. A reportagem procurou a assessoria de imprensa da deputada, mas não houve retorno até a publicação deste texto.

LÍDER DA BANCADA 'LIDERA' RANKING DE GASTOS

Josias Mario da Vitória, o Da Vitória, deputado federal do ES pelo PDT
Da Vitória: gastos do deputado chegaram a R$ 56 mil durante março e abril. Crédito: Agencia Câmara

O campeão de gastos durante a pandemia foi o próprio líder da bancada, deputado Josias da Vitória (Cidadania). Ele utilizou R$ 56,5 mil da quantia que tinha disponível em março e abril. A maior parte dos gastos foi com o aluguel de dois veículos – um Corolla e um Virtus – feitas em uma locadora de Colatina, ao custo de R$ 17 mil no período analisado. Segundo o deputado, um dos carros fica em Brasília e o outro o atende em demandas no Espírito Santo.

Os gastos com divulgação de suas atividades alcançam R$ 16,3 mil, e incluem gravação e edição de vídeos, gerenciamento de suas redes e publicações em sites de notícias. O deputado afirma que tem mantido a estrutura básica para o exercício de seu mandato e que, mesmo sem as sessões presenciais, tem atuado de maneira remota e divulgado seu trabalho. Ele afirma, ainda, que está "analisando formas de reduzir a utilização da cota para o exercício da atividade".

DEPUTADO PEDE REEMBOLSO DE R$ 30 MIL PARA PESQUISA DE OPINIÃO

Outro gasto que aumentou durante o período foi o de consultorias, pesquisas e trabalhos técnicos, aos quais os deputados têm direito. Foram pagos pelos cofres públicos R$ 62,9 mil para este fim em 2020, enquanto em 2019, a conta para estes serviços foi de R$ 39,2 mil.

Quase metade dos gastos nesta área foram do gabinete do deputado Amaro Neto (Republicanos), que pagou R$ 30 mil em duas pesquisas de opinião. Segundo a nota fiscal do serviço, o objetivo era elaborar estudos baseados em “dados secundários e indicadores de desenvolvimento humano, econômico e social” no Espírito Santo. O objetivo das pesquisas, segundo o deputado, era subsidiar a elaboração de projetos de lei e a indicação de emendas no orçamento da União que favoreçam o Estado.

Amaro informou, por nota, que tem buscado economizar em seu gabinete e lembra que “abriu mão de privilégios, como auxílio moradia, plano de saúde e linhas telefônicas, que são arcadas pelo próprio salário”.

A Gazeta integra o

Saiba mais

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.