ASSINE

Presa quadrilha que aplicava golpes em bancos para conseguir empréstimos

Para agir, o grupo falsificava informações em carteiras de trabalho, contra-cheques e comprovantes de residência

Publicado em 26/07/2019 às 17h53
Polícia prende quadrilha que aplicava golpes em bancos para conseguir empréstimos. Crédito: Ana Paula Mello
Polícia prende quadrilha que aplicava golpes em bancos para conseguir empréstimos. Crédito: Ana Paula Mello

A Delegacia Especializada de Defraudações e Falsificações (Defa) prendeu parte de uma organização criminosa que aplicava golpes em agências bancárias pedindo empréstimos no Centro de Vitória. Para agir, eles falsificavam informações em carteiras de trabalho, contra-cheques e comprovantes de residência. Entre os detidos, estão um contador, além de mãe e filha.

De acordo com a delegada Rhaiana Bremenkamp, titular da Defa, o golpe chegou ao conhecimento da polícia na última quarta-feira (24), quando uma agência bancária do Centro de Vitória entrou em contato afirmando desconfiar de duas mulheres que iam constantemente ao local, acompanhando pessoas que pediam empréstimo. 

As duas mulheres eram Valdilina Gomes do Nascimento, de 55 anos, e Junia de Souza Damasceno, de 50 anos. Elas eram responsáveis por aliciar outras pessoas a pedirem os empréstimo. Em troca, ganhavam uma comissão por cada valor sacado. 

"As carteiras de trabalho até eram verdadeiras, mas elas falsificavam o vínculo empregatício, além de outros documentos. Após o banco entrar em contato com a gente, fomos à agência, onde ficamos de campana e fizemos a prisão em flagrante de Valdilina e mais duas integrantes da quadrilha", lembra.

MÃE E FILHA NO CRIME

Quem pedia o empréstimo no momento do flagrante, sendo aliciada por Valdilina, era Lucilene Rodrigues Gomes, 29 anos. Do lado de fora estava a filha de Valdilina, Genaína Gomes do Nascimento, de 25 anos, que era responsável por dar cobertura a dupla. As três confessaram a ação e com as informações passadas por elas a polícia conseguiu chegar em mais três integrantes da quadrilha.

CONTADOR FAZIA A FALSIFICAÇÃO

Na última quarta-feira, a polícia prendeu as duas pessoas responsáveis por fazer a falsificação nos documentos: Junia de Souza Damasceno, 50, e o contato Carlos da Silva, 41, que fazia as falsificações no escritório de contabilidade dele, no Centro de Vitória. Além deles, a polícia prendeu também Gleyce Basílio Pinto, 30, que era aliciada para pedir os empréstimos. 

"Apesar de apenas uma instituição bancária ter procurado a polícia, acreditamos que o número de vítimas pode ser maior, já que eles tinham diversos cartões, de vários bancos. Por enquanto não podemos falar em valores, mas as investigações continuam, até mesmo para identificar outros envolvidos. Por enquanto, o grupo foi autuado em flagrante por tentativa de estelionato e associação criminosa".

 

 

A Gazeta integra o

Saiba mais
espírito santo vitória

Se você notou alguma informação incorreta em nosso conteúdo, clique no botão e nos avise, para que possamos corrigi-la o mais rápido possível

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.