ASSINE

Mulher denuncia marido que a obrigou a tomar remédios com álcool no ES

Segundo relato da vítima, o companheiro quis matá-la, forçando a tomar 30 comprimidos de medicamento de tarja preta e uma lata de cerveja

Publicado em 08/05/2022 às 15h33

Uma moradora de Viana buscou socorro em uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade na madrugada deste domingo (8), alegando que o marido dela tentou matá-la ao obrigá-la a ingerir grande quantidade de remédios de tarja preta  e uma lata de cerveja.

Segundo acionamento feito à Polícia Militar, por meio do 190, a mulher ingeriu 30 comprimidos de medicamento ansiolítico e uma lata de bebida alcoólica. O suspeito não foi encontrado por militares.

A Polícia Civil informou que o caso será investigado pela Divisão Especializada de Homicídios e Proteção à Mulher (DHPM) e, até o momento, nenhum suspeito foi detido. "A população pode contribuir com informações de forma anônima através do Disque-Denúncia 181. O anonimato é garantido e todas as informações fornecidas são investigadas", finalizou. 

Este vídeo pode te interessar

A Gazeta integra o

Saiba mais

Notou alguma informação incorreta no conteúdo de A Gazeta? Nos ajude a corrigir o mais rápido possível! Clique no botão ao lado e envie sua mensagem.

Envie sua sugestão, comentário ou crítica diretamente aos editores de A Gazeta.

Logo AG Modal Cookies

Bem-vindo

A Gazeta deseja enviar alertas sobre as principais notícias do Espírito Santo.

Para melhorar a sua navegação, A Gazeta utiliza cookies e tecnologias semelhantes como explicado em nossa Politica de Privacidade. Ao continuar navegando, você concorda com tais condições.